A Casa ao Lado de Vila Nova de Famalicão dinamizou workshops com jovens alunos para a realização dos murais

M.A.P.A. dá cor à Escola Básica das Enguardas em Braga

M.A.P.A. dá cor à Escola Básica das Enguardas em Braga

Pub

 

 

O M.A.P.A. – Movimento de Arte Pública Alternativo | Cultura para Todos, uma iniciativa do Município de Braga agora no 2º ano de existência, deixou a sua primeira marca nas paredes da Escola Básica das Enguardas.

Criado com o propósito de estimular os jovens residentes no Bairro Social das Enguardas para uma consciência mais colectiva, cooperante e produtiva, o projecto M.A.P.A. – Artes Visuais conta com o colectivo artístico A Casa ao Lado, de Vila Nova de Famalicão, para dinamização dos workshops que auxiliaram na realização destas pinturas murais.

Desenhadas nas paredes da Escola Básica das Enguardas, as novas imagens tiveram por base as oficinas de fotografia das mãos dos jovens participantes e que simbolizam a união.

Para além de oferecer aos mais novos a oportunidade de adquirir competências e saberes artísticos, o projecto também servirá como estímulo para valorizar o património cultural, artístico e histórico do Bairro, finalizando com mostras e visitas guiadas aos murais realizados.

Recorde-se que um Mapa é uma representação simbólica que destaca relações entre os diversos elementos de um mesmo espaço, tais como objectos, territórios ou temas. Neste MAPA, designação escolhida para esta actividade, além dos elementos referidos, também se pretende enfatizar as pessoas e as inter-relações por elas estabelecidas em espaços específicos.

Pretende-se desenhar e revelar caminhos que possibilitem a estruturação de dinâmicas de inclusão social através de processos participativos e comunitários de produção e fruição artísticas e culturais. Com esta iniciativa pretende-se proporcionar aos jovens residentes no Bairro Social das Enguardas a oportunidade de adquirir competências e saberes pela prática da experiência artística nos seus diferentes domínios referidos à Arte Pública.

O MAPA (Movimento Arte Pública Alternativo) – Artes Visuais, designação escolhida para uma das ações da operação ATLAS, pretende desenhar e revelar caminhos que possibilitem a estruturação de dinâmicas de inclusão social através de processos participativos e comunitários de produção e fruição artísticas e culturais. A operação ATLAS resulta de uma candidatura ao programa NORTE – CULTURA PARA TODOS, sendo cofinanciada no âmbito do Programa Operacional Norte 2020, Portugal 2020 e do Fundo Social Europeu.

Imagens: DR

Braga promoveu Campeonato Interescolas de Cálculo Mental Hypatiamat

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - música - concertos - espetáculo - cultura -livro - literatura - política - trabalho - rendimento - segurança - saúde - cinema - proteção civil - segurança - ribeirão - riba d'ave - dar coisas aos nomes - diogo martins

Dicas para planear uma casa de verão de pequena dimensão

Conforto e aspecto natural – tendência de decoração para 2022

Últimas tendências em mesas de jantar unem design e preço

Mais de 15% das compras na Europa efetuadas online

’15 Years’ depois Emmy Curl tem mais um disco

Nutrir a biodiversidade para dar saúde às pessoas e ao planeta

Pub

Categorias: Artes Plásticas, Braga, Ensino

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.