Dar resposta a necessidades básicas de pessoas isoladas ou em situação de vulnerabilidade

Solidariedade | Rede de Apoio Social de Emergência de Guimarães abre inscrições para voluntariado

Solidariedade | Rede de Apoio Social de Emergência de Guimarães abre inscrições para voluntariado

Pub

 

 

A Câmara Municipal de Guimarães, através do Banco Local de Voluntariado, está a organizar uma estrutura de apoio de emergência que operará no contexto da atual pandemia causada pelo novo Coronavírus causador da Covid-19. 

Esta Rede de Apoio Social de Emergência, que dará resposta às necessidades básicas das pessoas isoladas ou em situação de vulnerabilidade no concelho de Guimarães, será gerida e implementada pela Câmara Municipal de Guimarães e pela Cruz Vermelha Portuguesa, tendo como parceiros a Fraternidade de Nuno Álvares, o Corpo Nacional de Escutas, a Casa da Juventude, os White Angels, bem como outros grupos de apoio informais.

Todos os voluntários da rede terão uma equipa especializada que os apoiará, quer através de instruções precisas e resposta às dúvidas que se levantem, quer através da disponibilização de todo o material de proteção necessário, como luvas, máscaras, óculos, desinfetantes e fatos, e serão apenas requisitados quando se tornar necessária a sua colaboração no terreno.

Os interessados em participar na Rede de Apoio Social de Emergência na qualidade de Voluntários podem fazer a sua inscrição através do sítio do município vimaranense.

Sob o lema “Agarra-te à vida, por ti, por mim, por nós!”, a Rede de Apoio Social de Emergência assegurará a distribuição de alimentos e a disponibilização de medicamentos, bem como apoio psicológico quando este se mostrar necessário.

Ajude quem mais precisa! Se tem condições para o efeito, inscreva-se.

 

Fonte e Imagem: Guimarães Marca

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.