Prova realiza-se de 6 a 8 de Maio

Rampa da Falperra espera levar 150 mil aficionados à Cidade de Braga

Rampa da Falperra espera levar 150 mil aficionados à Cidade de Braga

Pub

 

 

Em Braga está tudo a postos para mais uma edição da mítica Rampa da Falperra. A 41ª edição da prova rainha do europeu da montanha arranca a 6 de Maio, esperando-se que leve à Cidade milhares de aficionados do desporto automóvel.

Depois do sucesso do FIA Hill Climb Masters, evento que se se disputou no ano transacto e que, segundo um estudo de impacto económico realizado pela Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, teve um retorno financeiro superior a 4,5 milhões de euros, a Cidade de Braga volta a receber uma das mais espectaculares provas do automobilismo nacional e internacional. Em 2022 a Rampa promete reunir um “plantel de luxo”, sendo aguardados cerca de 150 mil espectadores.

Esta prova é já um “cartão de visita da Cidade” e vem dar continuidade aos grandes eventos desportivos que Braga tem realizado ao longo dos últimos anos, considera Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga. “Esta é uma das mais emblemáticas provas do automobilismo internacional e mais uma oportunidade para mostrarmos ao mundo a nossa capacidade e competência para fazermos deste evento mais um sucesso a todos os níveis. Somos um palco de excelência e a Cidade não pode ficar alheia aos milhares de espectadores que tornam esta uma prova única, tanto para quem assiste como para quem a disputa”, referiu o Autarca durante a apresentação da prova que decorreu esta Quinta-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Felicitando o Clube Automóvel do Minho (CAM) pelo trabalho que tem desenvolvido em prol do desporto automóvel, particularmente pelo seu esforço e dedicação para que a Rampa da Falperra continue a ser uma das mais representativas provas do automobilismo internacional, Ricardo Rio destacou o “enorme alcance social da prova, espelhado e quantificado no excepcional trabalho de Paulo Mourão e António Azevedo, através do estudo de impacto mediático e económico ao Masters da FIA de 2021. Um estudo de grande importância e que devia ser replicado em outros contextos e eventos”, referiu.

Esta é uma prova organizada pelo CAM, com a chancela da FIA e da FPAK – Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting. Rogério Peixoto, presidente do Clube Automóvel do Minho, acredita que estão reunidas todas as condições para que esta prova supere os números do Masters da FIA em 2021. “Esperamos, como sempre, e aproveitando o balanço do Masters realizado o ano passado, tentar fazer uma edição da Rampa da Falperra ainda melhor, evoluindo as condições de hospitalidade e de conforto oferecidas tanto ao público como aos pilotos. Faço votos para que o evento continue a ser uma grande festa, tenha um elevado nível competitivo e corra tudo bem, sem incidentes, com o público a colaborar no cumprimento das normas de segurança”, referiu Rogério Peixoto, presidente do CAM.

A prova terá transmissão live streaming fruto da parceria tecnológica com a Altice Portugal e ao longo do traçado serão colocados ecrãs para que os espectadores possam assistir a todas as emoções da prova. Os espectadores terão 11 zonas de peão espalhadas por todo o perímetro, algumas das quais com acesso pago e ainda duas zonas de bancada. Uma parte da receita dos bilhetes, revertem a favor da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

As verificações técnicas, à semelhança do sucedido no Masters, vão decorrer no Sameiro, tal como a cerimónia final de entrega de prémios, que será na Cripta. Quanto aos participantes, a organização prevê cerca de 150 pilotos, estando prevista a presença, além dos portugueses do Campeonato de Portugal de Montanha, das principais “estrelas” do Campeonato da Europa, entre as quais o italiano Christian Merli, que é o campeão absoluto em título e foi o vencedor da primeira prova desta época, em França.

Todas as informações sobre a prova estão disponíveis no site do evento em www.rampadafalperra.pt

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

O Nó de Ínfias e o futuro de Braga

Braga evoca 25 de Abril salientando valores da Democracia e Liberdade

Sacos solidários da re.store ajudam APAV

Imagens: 0) Team BeYou

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Franqueira Adventure regressa a Barcelos nas Festas das Cruzes

FC Famalicão Empata a zeros e Pontua pela primeira vez na Luz

Colorido de 1200 betetistas regressa ao Centro Histórico de Barcelos

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.