Ana Marlene Lima colaborou com marca de Braga na celebração da Mulher

Sacos solidários da re.store ajudam APAV

Sacos solidários da re.store ajudam APAV

Pub

 

 

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a re.store – marca amiga das pessoas e do planeta cujos os pressupostos assentam na Economia Circular (RE.duzir, RE.utilizar, RE.ciclar) e na responsabilidade social – acaba de lançar uma nova coleção de Sacos de Compras solidários. Desta feita, a entidade beneficiária da solidariedade é a APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, que receberá até 2,00 euros por cada saco vendido. Como é também hábito em circunstâncias semelhantes, a re.store contou com a colaboração de uma artista plástica – a pintora bracarense Ana Marlene Lima – que ofereceu a sua participação especial a título gracioso.

Desperdícios e sobras têxteis da indústria têxtil-lar portuguesa dão origem a novos sacos solidários

Esta coleção surge de uma amizade com mais de duas décadas entre a fundadora da re.store e a pintora bracarense e une na perfeição a criatividade, a solidariedade e a celebração da Mulher na sua conquista diária de sonhos e aspirações para mudar pequenos mundos. Fiel à sua essência, estes sacos re.store são confecionados por utentes de IPSS, Associações ou Causas Sociais (refugiados e famílias em situações desfavorecidas) que são remunerados pelo seu trabalho, e feitos a partir de desperdícios e sobras têxteis da indústria têxtil-lar portuguesa.

Saco solidário re.store em favor da APAV, um saco maravilhosamente único

O amor com que é feito, a diversidade das cores e padrões criados pela mestria das mãos de Ana Marlene Lima transformam este saco solidário da re.store em favor da APAV uma peça maravilhosamente única. Não há dois sacos iguais e, quem os adquirir, para além de contribuir para um planeta mais eco e socialmente responsável, estará a carregar uma obra de arte e uma escolha: a escolha de incluir pessoas únicas na sua diversidade e apoiar financeiramente uma Associação que muito ajuda os cidadãos portugueses vítimas de vários crimes, a APAV.

Re.store quer apoiar mais pessoas e ganhar escala em 2022

Desde a sua génese que a re.store tem vindo a juntar-se a personalidades e marcas conhecidas no universo da cultura e do entretenimento, como um meio para dar voz ao seu propósito de ser uma marca única e inclusiva e assim poder “ajudar o Planeta e as Pessoas”. Desde a parceria com a SIC Esperança, com o clube SL Benfica, com o cantor/compositor André Viamonte, e agora, com a pintora Ana Marlene Lima, que a re.store já conseguiu remunerar os seus parceiros sociais em €35.602,15 e reutilizar mais de 3,3 toneladas de tecido. Métricas que pretende escalar em 2022.

re.store - sacos solidários - sacos de compras - mulher - vítimas de violência - apav - solidariedade - ipss - apoio

Re-store online

Os sacos solidários estarão disponíveis para venda em www.restore.com.pt pelo valor de €9,95 (40x40cm) e €10,95 (50x50cm), incluindo a remuneração ao parceiro social e o valor a ser entregue à APAV.

JYSK Portugal - Vila Nova de Famalicão - Lagoa - Atlantic Park - Decoração - Têxteis-lar - Casa - Habitação - Loja - Residência - Morada - conforto - bem-estar - JYSK - JYSK Portugal - Vila Nova de Famalicão - loja - estabelecimento comercial - atlantic park - decoração - têxteis-lar, colchões - roupa de cama - roupa de banho - mobiliário - conceito - 3.0 - hygge - bem-estar - conforto - tranquilidade - preço - desconto - reabertura - investimento - postos de trabalho

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - comunidade

Imagens: DR

Esposende programa ‘WOWman: Mulher, tantos Mundos’

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

Ricon: o fim (à vista) de um sonho

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.