Iniciativa pretende instituição com formato semelhante àquela existente para proteção de crianças

Seniores | Joaquim Barreto propõe criação de Comissões de Proteção e Apoio a Pessoas Idosas

Seniores | Joaquim Barreto propõe criação de Comissões de Proteção e Apoio a Pessoas Idosas

Pub

 

 

Joaquim Barreto, o Presidente da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista e deputado da Assembleia da República, sugere à Ministra do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, lançou a ideia de criação de Comissões de Proteção e Apoio a Pessoas Idosas.

Para o lançamento desta medida, o deputado, originário das Terras de Basto, lembra que ‘as pessoas idosas são uma camada da população cada vez mais vulnerável e com mais fragilidades, como tal mais exposta às vicissitudes, às vivências e às convivências da sociedade’.

‘Neste período de pandemia’, por outro lado, ‘o grau de exposição da população idosa é mais acentuado e com dificuldades agravadas’ É, por isso, necessário ‘agir a montante com medidas preventivas de ajuda a esta geração que deu o melhor de si ao longo de muitos anos em todo o país’.

Experiência semelhante em Cabeceiras de Basto serve de exemplo

‘Recorde-se que funciona, desde julho de 2011, a Comissão Municipal de Pessoas Idosas de Cabeceiras de Basto (CMPICB), constituída por vários parceiros locais – formais e não formais – com o intuito de melhorar a qualidade de vida dos idosos e adultos dependentes neste concelho, através da articulação, informação e promoção dos direitos e proteção das pessoas idosas de forma a garantir o seu bem-estar, dignidade e qualidade de vida”, refere o deputado. ‘Sigamos os bons exemplos no sentido de regulamentarmos e institucionalizarmos estas estruturas, incentivando a disseminação dos bons exemplos’.

A experiência não será de todo única em todo o país, porquanto semelhantes iniciativas e estruturas autárquicas, que procuram dar respostas e visam uma melhor qualidade de vida para um envelhecimento ativo e saudável, se encontram já com ação no terreno. ‘É da maior importância criar Comissões de Proteção e Apoio a Pessoas Idosas ao nível Municipal, Regional e Nacional, devidamente institucionalizadas, à semelhança do que já acontece com as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens. Este será um sinal de esperança e um passo determinante na valorização desta faixa etária da nossa sociedade’, conclui Joaquim Barreto.

Desafio para 2021

Assim sendo, ontem, na audição da Ministra do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, no Debate da Especialidade OE2021, na Assembleia da República, o Deputado e Presidente da Federação Distrital de Braga do Partido Socialista, Joaquim Barreto lançou à Ministra a proposta de institucionalização destas Comissões de Proteção e Apoio a Pessoas Idosas.

Imagem: PS

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.