Ambiente | Viana do Castelo debate alterações climáticas no âmbito do projeto BEACON na Alemanha

Ambiente | Viana do Castelo debate alterações climáticas no âmbito do projeto BEACON na Alemanha

Pub

 

 

O Município de Viana do Castelo está a participar na conferência europeia “Catalysing European Local Climate Action”, que decorre em Heidelberg, na Alemanha, no âmbito do projeto BEACON. Este é um projeto da União Europeia que inclui 34 municípios da República Checa, Roménia, Grécia, Polónia, Portugal e Alemanha, com a participação de 57 escolas em atividades.

 

 

Viana do Castelo foi convidada a participar pelo European Climate Iniciative, para poder apresentar a sua experiência na eficiência energética, mobilidade elétrica e ações de mitigação das alterações climáticas.

Neste encontro europeu, que conta com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, serão debatidos temas como o combate à pobreza energética, comunicação da mitigação das mudanças climáticas, produção local de energia e mercados de energia e como motivar os jovens para ações na mudança climática.

Viana do Castelo tem uma parceria com a Universidade de Lisboa no domínio das alterações climáticas para orientação e capacitação do município na implementação da estratégia das alterações climáticas.

Recorde-se que, há poucos meses, o Município de Viana do Castelo foi selecionado pela FCiências.ID – Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências para integrar o projeto europeu Bridging European and Local Climate Action (BEACON). O projeto BEACON visa proporcionar a partilha de experiências e recolha de ensinamentos e boas práticas dos países envolvidos para planear e implementar uma estratégia e/ou medidas de mitigação às alterações climáticas no território de cada município.

De acordo com este memorando de entendimento, a Câmara Municipal envolve-se assim com as organizações que implementam o projeto BEACON para planear em conjunto as atividades programadas e fornecer a informação necessária para uma avaliação de necessidades do município.

Recentemente, a Câmara Municipal de Viana do Castelo apresentou a Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas, que inclui as grandes preocupações de Viana do Castelo no que diz respeito ao território, infraestruturas, proteção e erosão costeira e florestas, entre outras.

Este plano é relevante enquanto instrumento estratégico para o concelho de Viana do Castelo ao permitir a antecipação dos efeitos das alterações climáticas para que o Município possa desencadear ações de adaptação adequadas com a participação dos diversos atores, nos vetores estratégicos da biodiversidade, florestas, agricultura, recursos hídricos, zonas costeiras, energia, turismo e saúde humana, permitindo ao nível local beneficiar o nível de bem-estar, segurança dos munícipes.

 

Imagem: Município de Viana do Castelo

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.