21 a 29/4 | Braga

B de Dança | Cristina Mendanha (Arte Total): O B de Dança é valioso contributo para a fruição e criação cultural

B de Dança | Cristina Mendanha (Arte Total): O B de Dança é valioso contributo para a fruição e criação cultural

Em Abril a Dança invade todos os palcos e enche a Avenida Central, de Braga, com ritmo e movimento. Com início a 21 e término a 29 de Abril, Dia Mundial da Dança, o ‘B de Dança’, agora na sua terceira edição, estará nas ruas da cidade e exaltará esta forma de expressão artística. Promovido pelo Município de Braga e organizado em parceria com várias escolas de dança bracarenses, o evento prolonga-se ao longo de uma semana.

.

.

A partir do próximo sábado, 21, e até 29 de Abril, Dia Internacional da Dança, Braga viverá ritmo e movimento com o ‘B de Dança’. Serão com mais de 60 horas de programação diversificada que têm como epicentro a Tenda Estúdio a ser montada na Avenida Central. Este será um espaço de acesso livre a toda a população.

Ao longo desta semana ‘B de Dança’ estarão disponíveis para usufruto de todos quantos queiram participar aulas abertas, workshops, exibições, concursos, bem como espetáculos de diferentes propostas e conteúdos que serão apresentados pelas entidades que atuam neste plano artístico, dessa forma dando a conhecer ao público em geral o relevante trabalho que realizam ao longo do ano em prol da comunidade em que se inserem.

Para além da Avenida Central, a Dança invadirá outros espaços emblemáticos de Braga, tais como o Theatro Circo e o Conservatório Calouste Gulbenkian, mas também o Auditório Vita, o Museu Nogueira da Silva e a Casa dos Crivos.

Lídia Dias, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, destaca com entusiasmo o “enorme dinamismo de Braga nesta vertente cultural. Neste evento temos a dança, no seu esplendor e na máxima força, apresentada por aqueles que todos os dias trabalham esta expressão artística em diferentes estilos e composições nas escolas de dança do Concelho”, referiu esta quarta-feira.

.

Concurso de fotografia I Photo Dance Walk Braga

Vila Nova Online | B de DançaNo âmbito do ‘B de Dança’, o Município de Braga lança um novo desafio a todos os apaixonados pela arte da dança e fotografia com a realização do concurso ‘I Photo Dance Walk Braga’. Este irá decorrer ao longo de um percurso, previamente definido, através dos lugares onde o património mais simbólico do centro histórico de Braga se encontra.

Trata-se de um concurso de fotografia que tem por tema ‘2018 – Ano Europeu do Património Cultural’ e que convida fotógrafos e bailarinos para um percurso de recolha fotográfica nos principais monumentos e sítios do património bracarense. Assim, em cada monumento ou sítio, os fotógrafos poderão fazer registos com um ou dois bailarinos, em diferentes tempos e em diferentes estilos de dança numa simbiose com o tempo e o estilo artístico do monumento onde se realiza a performance.

.

Esta iniciativa cuja organização é da responsabilidade do Município de Braga, da Backstage Escola de Dança e Artes Performativas e do fotógrafo profissional Marco Mendes, conta ainda com o apoio da UNESCO que divulgará a selecção de trabalhos nos seus canais de comunicação oficiais.

O resultado desta simbiose entre os diversos estilos de dança e monumentos históricos, após selecção do júri, resultará numa exposição que se encontrará patente no Braga Parque.

Vila NOva Online | Dia Mundial da Dança

..

Concurso de Dança Sonhos nos Pés

Este ano, o ‘B de Dança’ apresenta mais novidades e, pela primeira vez, engloba uma edição do Concurso de Dança Sonhos nos Pés. Esta iniciativa, que se realiza no âmbito da Braga Cidade Europeia do Desporto, terá lugar a 25 de Abril, no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian.

Após a fase de selecção, 19 finalistas que irão demonstrar todo o seu talento durante a gala final do concurso.

Para Sameiro Araújo, vereadora do Desporto e Juventude da Autarquia Bracarense, esta é mais uma forma de difundir e promover o talento dos jovens bracarenses. “Braga possui muito talento na área da dança e com este concurso estamos a divulgar e a dar palco aos bailarinos bracarenses que são muitos e de grande qualidade”, explicou Sameiro Araújo, esperando que esta primeira edição do concurso “sirva para motivar ainda mais os jovens a apostarem no seu talento”.

O concurso, destinado a jovens naturais ou residentes no Concelho de Braga que atuem individualmente ou em grupo, tem dois escalões a concurso. O primeiro, para os bailarinos com idades entre os 6 e os 10 anos, e o segundo escalão, para idades entre os 11 e os 16. Os vencedores terão direito a prémios monetários que situam entre 250,00€ e 1000,00€..

Este ano, destacam-se ainda, entre as diversas atividades propostas, a exposição “A Dança no Salão Oitocentista – Iconografia. Memórias de uma Colecção”, coordenada por Vicente Trindade, o I Curso Internacional B de Dança, sob a direção de Colin Sinclair e o Campeonato de Danças Urbanas BBOY BATTLE..

.

Cristina Mendanha (Arte Total): Embora este seja um evento de cariz profissional e aberto a toda a comunidade, esperamos alertar os públicos para a importância da Dança como prática artística.

Vila NOva Online | B de Dança - Arte Total

.

A propósito da Semana ‘B de Dança’, antecessora do Dia Mundial da Dança (29 de Abril)[1], ouvimos Cristina Mendanha, Diretora Artística e mentora da Escola. “Este evento foi acolhido pela Arte Total como um valioso contributo do município de Braga, no sentido do desenvolvimento de estratégias que garantam aquilo que a Constituição consagra neste plano, no seu artigo 78º: Direito à fruição e criação cultural.”

Vila Nova Online | B de Dança - Cristina MendanhaCristina Mendanha considera que o ‘B de Dança’ “é, sem dúvida, um momento de partilha, de oportunidade e de divulgação do trabalho para todos os participantes, de uma forma democrática e plural”, pese embora a Diretora da Arte Total não deixe de referir que este “não é um projeto artístico com uma linha estética definida e com uma programação seletiva e unicamente profissional.” Por essa razão, neste evento acabarão por se “associar os profissionais da área com outras pequenas estruturas amadoras, como escolas e ginásios que promovem a dança e o corpo nas suas mais variadas vertentes.”

Na edição de 2018, “a Arte Total inscreve-se na missão do evento ‘B de Dança’ mostrando o trabalho laboratorial das investigações na área da educação artística e criação que tem desenvolvido  desde 1992. A articulação dos três níveis de ação que preconiza (investigação, formação de públicos  e produção artística) constituem a maior força deste  projeto.” Torna-se, assim, possível a realização de “investigação artística capaz de gerar propostas de ação com um acompanhamento académico que as coloca, novamente, sob a lente da investigação. Assim, a sua  natureza colaborativa, nomeadamente nas ações que realizará  com o Município de Braga no evento ‘B de Dança’, irá criar momentos de partilha e de reflexão entre os diversos agentes envolvidos (escolas, Município, museus, centros de investigação e público). Com esta forma de estar, ou de participar, neste tão mediático evento, espera, assim, ser capaz de “alertar os públicos para a importância da Dança como prática artística e não como modalidade desportiva.”

Durante a semana ‘B de Dança’, a Arte Total  realizará Ateliers de Dança  para Jardins de Infância no Mercado Cultural do Carandá (dia 23, 9:30 – 12:30h, no espaço cultural criado de raíz pelo Arq. Souto Moura, para a prática da dança e Sede da  estrutura Arte Total;  Aulas de Gyrokinesis e de Dança Contemporânea (dia 23, 10:00 e 19:30h na tenda que o Município disponibilizou para o efeito no centro histórico de Braga); Espectáculo de dança – Escuta (dia 27, 21:30, no Museu Nogueira da Silva); Live screen dos vídeos selecionados no Braga International Video Dance Festival e votação do público (dia 28, 21:30,  na Casa dos Crivos)...

[1]            Data instituída pelo comité internacional da dança (CID) da UNESCO. A data homenageia o grande mestre francês Jean-Georges Noverre (Paris 29-04-1727). Personalidade representativa do Iluminismo, autor de uma obra literária de referencia – “Lettres sur la Danse et sur les Ballets”- que renova e revoluciona conceitos estéticos na representação teatral.A sua obra, como teórico da dança, revelou-se marcante nos bailados que coreografou e foi uma influência marcante em sucessivas gerações. (Cartas sobre a Dança e Sobre os Bailados – Tradução, coordenação, prefácio e biografia de Vicente Trindade, 2014 . Primeira tradução Portuguesa.)

..

 

Imagem de destaque: Bailarino da Arte Total em ensaio  do espetáculo Escuta, a apresentar no Museu Nogueira da Silva, no âmbito do ‘B de Dança’, no próximo dia 27.

.

Outras imagens (divulgação): Lídia Dias, Cartaz do Concurso I Photo Dance Walk Braga, Sameiro Araújo, bailarino desconhecido em intervenção desconhecida (autor: Marco Mendes), bailarina da Arte Total em intervenção desconhecida, Arte Total – logotipo, convite para o Braga International Video Dance Festival, bailarina desconhecida em ensaio do espetáculo Escuta.

 

Pub

Categorias: Agenda

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Pedro Costa

Diretor e editor.

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.