PS | Ricardo Costa e ‘Todos Como Um. Todos Um’ impugnam eleições para a Federação Distrital de Braga

PS | Ricardo Costa e ‘Todos Como Um. Todos Um’ impugnam eleições para a Federação Distrital de Braga

Pub

 

 

A candidatura de Ricardo Costa apresentou um pedido de impugnação da decisão da Comissão Organizadora do Congresso (COC) da Federação de Braga do Partido Socialista por discordância sobre a proporcionalidade do número de delegados de cada um dos concelhos do distrito.

De acordo com o candidato, “a COC tomou uma decisão contrária ao que está definido nos Estatutos do PS uma vez que não considerou o número de militantes de cada uma das Concelhias para a definição dos delegados”.

O candidato da Lista B recorda que “a COC é constituída por apoiantes declarados de Joaquim Barreto” (candidato da Lista A) e as Concelhias onde o apoio a Ricardo Costa se prevê maioritário apresentam uma menor proporção de delegados.

A título de exemplo e considerando o universo de 450 delegados definido pela COC, Guimarães de onde Ricardo Costa é natural, deveria eleger 81 deputados ao contrário dos 59 (menos 27%) definidos pela organização do Congresso. Barcelos, terra natal de Anabela Real, candidata às Mulheres Socialistas apoiada por Ricardo Costa, teria direito a 125 delegados mas a COC aprovou apenas 63 delegados (menos 49% de delegados).

Em contraponto, Cabeceiras de Basto, de onde Joaquim Barreto é natural, foi contemplada com 38 delegados ao contrário de 32 (mais 19%) se se considerar a proporcionalidade.

A candidatura de Ricardo Costa “aguarda que os órgãos jurisdicionais nacionais possam analisar em tempo útil o pedido de impugnação relativo à fraude votada na Comissão Organizadora do Congresso”.

De salientar que a distribuição desproporcional de delegados definida pela Organização do Congresso e a forma de constituição das listas candidatas definidas pelos Estatutos do PS dão origem a que Joaquim Barreto obtenha a totalidade de delegados de algumas concelhias.

“Com esta artimanha matemática, o camarada Joaquim Barreto consegue o que se pensava não existir desde o 25 de Abril. Esta é apenas mais uma situação que revela uma certa prática política que a nossa candidatura se propõe combater. Não é assim que se faz política democrática.”, afirma Ricardo Costa.

Recorde-se que a votação interna do Partido Socialista e a realização do Congresso foi adiada por razões de saúde pública. Esta decisão da sede nacional do PS obteve a total concordância da Lista B.

 

Fonte e Imagem: TcUTU

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.