Famalicão sem argumentos no Dragão frente ao Porto

Famalicão sem argumentos no Dragão frente ao Porto

Pub

 

 

FC Famalicão deslocou-se ao Estádio do Dragão para defrontar o FC Porto para a jornada 16° desta Liga Bwin e o resultado final foi uma derrota por uns expressivos 4-1.

Num jogo quase de sentido único o FC Porto não falhou nas oportunidades que teve em suas mãos.

Por sua vez o FC Famalicão teve muitas dificuldades em criar oportunidades de golo.

‘Equipas de Outro Patamar’

FC Famalicão não teve argumentos para o talento individual do FC Porto.

Essa é normalmente a grande razão das derrotas contra grandes equipas.

Diferença de argumentos é mais que notória, mas a maior diferença esta nos talentos individuais por cada posição em comparação com a equipa mais ‘modesta’.

‘Ponto Nevrálgico’

FC Porto bloqueou o jogo do FC Famalicão no seu ponto mais forte que é o seu meio campo.

Conforme roubava o esférico a meio campo o ataque portista criava movimentos interiores até á baliza do FC Famalicão que não sabia o que fazer para resistir ao ataque portista.

Depois lançava o esférico em boa posição para os atacantes fazerem o golo.

Primeiros três golos portistas foram todos á ‘boca da baliza’ de Luíz Júnior.

Galeno Endiabrado …

Primeiro golo aos dez minutos foi uma bonita jogava de ataque em que João Mário dribla dois / três defensores do FC Famalicão, passa o esférico para Toni Martinez que sobre o lado esquerdo da grande área famalicense assiste Galeno fazer o primeiro.

Luíz Júnior pouco podia fazer perante a passividade da sua defensiva.

Galeno faria o segundo golo aos 21 minutos.

E viria a assistir Otávio para o terceiro golo aos 42 minutos.

… E Perdoado!

Mas Galeno teve aos 47 minutos uma falta dura que originou um livre mesmo em cima da grande área portista para segundo cartão amarelo e consequente expulsão.

Depois de levar um amarelo aos 36 minutos.

Uma entrada sem o esférico em jogo e numa zona perigosa … expulsão perdoada ao avançado do FC Porto.

Três a zero ao intervalo.

Medhi Taremi ‘Picou o Ponto’

Medhi Taremi entrou de início.

Mas ‘picou o Ponto’ ao minuto 48 com assistência milimétrica do lateral direito João Mário para o quatro a zero.

Marcavam 48 minutos de jogo.

FC Famalicão Sem ‘Poder de Fogo’ numa ‘Missão Impossível’

FC Famalicão face a indisponibilidade do seu ponta lança J. Cádiz teve que reformular o ataque.

João Pedro Sousa lançou Rui Fonte de início que tinha a função de vir buscar o esférico e endossar em boa posição para o jovem Pablo tentar marcar.

Enquanto Ivan Jaime e Ivo Rodrigues tinham como função fazer circular o ataque por entre as duas faixas.

Mas era uma ‘Missão Impossível’ face a valia do adversário.

No entanto Rui Fonte marcaria o único golo do FC Famalicão aos 52 minutos num cabeceamento após assistência F. Moura.

Vantagem Confortável

FC Porto começou a gerir o resultado aos 42 minutos quando se apanhou a vencer por três a zero.

Não era de esperar outra coisa.

Quando a vantagem é confortável, para quê ‘andar a correr’!?

E assim não perdeu mais pontos para o seu rival – SL Benfica que empatou no Estádio da Luz frente ao seu eterno rival Sporting CP a duas bolas.

Tudo dentro da normalidade.

FC Famalicão Retorna ao seu ‘Campeonato’ no próximo domingo

FC Famalicão recebe o Rio Ave no próximo domingo pelas 20h30 num jogo do seu ‘campeonato’.

No futebol português há ‘campeonatos’ a duas velocidades na mesma competição.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista - solidariedade social - voluntariado - dar-as-mãos - reffod - famalicão - mário passos - chma - raquel varela - escola - escola pública - docência - docentes - professores - escolas privadas - retrocesso social - reformas - classe social - liberdade - amor - gays - lésbicas - direito à diferença - migrantes - migrações - cgtp-in - nações unidas - antónio guterres- famalicão - unicef - cidade amiga das crianças - infância

Imagens: 0) FCF 1) FCP

Pub

Categorias: Desporto, Famalicão, Futebol

Acerca do Autor

Francisco Oliveira

Viciado em Imprensa Futebolística desde miúdo, época em que devorava Jornais & Revistas Futebolísticas. Desfruta da Escrita Futebolística desde que começou a escrever para a Página Só nas 4 Linhas na temporada 2018/19. Criador & Pensador da Página Culto Futebolístico nos tempos livres (como sempre!).

Comente este artigo

Only registered users can comment.