Galardão da Associação Portuguesa de Escritores e do Município de Braga reconhece ‘personalidade maior da cultura portuguesa contemporânea’

Prémio Vida Literária Vítor Aguiar e Silva atribuído a João Barrento

Prémio Vida Literária Vítor Aguiar e Silva atribuído a João Barrento

Pub

 

 

O Prémio Vida Literária Vítor Aguiar e Silva, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores (APE) com o patrocínio da Câmara Municipal de Braga, dotado de 20 mil euros foi atribuído, na primeira edição, relativa ao biénio 2020/2021, a João Barrento, docente universitário, ensaísta e filólogo da língua germânica, tradutor e promotor de singular iniciativa cultural.

“João Barrento é uma personalidade maior da cultura portuguesa contemporânea”, afirma a Direcção da Associação Portuguesa de Escritores, constituída em júri como desde sempre nesta iniciativa, e que deliberou a atribuição do galardão por unanimidade. A Direcção da APE teve em consideração o percurso notável do Autor, seja nomeadamente enquanto académico e cronista no espaço mediático ao longo de muitos anos, seja pelo brilho incomum das suas traduções de grandes poetas (Hölderlin, Goethe, Walter Benjamin, Rilke, Paul Celan, Robert Musil, entre outros) e da acção no Espaço Llansol, a todos os títulos modelar. 

Para João Barrento, ‘a literatura, como a poesia, não é apenas contar uma história’.A literatura e a poesia são sobretudo um trabalho de estruturação de um olhar sobre o mundo e depois a colocação desse olhar sob a forma de linguagem. Uma linguagem que não se limite a contar factos (isso, lá está, é o que fazem os media) mas que dê a ver o invisível através do visível’.

No passado, foram distinguidos com este galardão da APE os escritores Miguel Torga, Sophia de Mello Breyner Andresen, José Saramago, Óscar Lopes, José Cardoso Pires, Eugénio de Andrade, Urbano Tavares Rodrigues, Mário Cesariny de Vasconcelos, Vítor Aguiar e Silva, Maria Helena da Rocha Pereira, João Rui de Sousa, Maria Velho da Costa e Manuel Alegre.

A sessão oficial de entrega do Prémio será oportunamente anunciada.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - jornal diário digital generalista de âmbito regional

Amar uma sombra: com Lourdes Castro

O Amor

Imagem: Bruno Simão/JdN

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Visite também os nossos anunciantes.

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

Dez (ou onze) curiosidades sobre José Saramago

Miguel Torga continua bem vivo para quem o sabe estimar

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Braga, Cultura, Literatura

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.