29/6 Conferência e visita guiada

Património | ‘Encontros do Património’ de Santo Tirso revelam Balneários Castrejos

Património | ‘Encontros do Património’ de Santo Tirso revelam Balneários Castrejos

Pub

 

 

Os castros, povoados fortificados de altura, constituem um dos segmentos mais expressivos do património arqueológico do Noroeste Peninsular. Embora apresentem bastante variação no que se refere quer à sua dimensão, quer aos contextos de implantação, entre outras variáveis, correspondem grosso modo ao modelo de habitat que marcou o I milénio antes de Cristo, período que se designa, habitualmente, como Proto-História. Dada a sua relevância no contexto histórico da região, os ‘Encontros do Património‘ do Município de Santo Tirso organizam no próximo dia 29 de junho uma sessão que permite conhecer as particularidades de uma estrutura característica de alguns destes povoados, os Balneários Castrejos.

 

 

 

Descobrir os detalhes e particularidades sobre os Balneários Castrejos é o novo passo que os participantes dos “Encontros do Património” irão dar no próximo dia 29. A programação tem início às 15h00 com uma conferência por João Machado e Álvaro Moreira que irá desvendar percorrer alguns dos pontos chave da rota do românico.

A iniciativa inclui, depois, uma visita guiada à reconstituição do balneário castrejo existente no Castro das Eiras que se situava em Vermoim, Vila Nova de Famalicão, cuja cópia fiel se encontra atualmente implantada no Parque da Devesa, desta cidade.

Esta réplica em tamanho real baseia-se na planta do balneário castrejo do Castro das Eiras, Pousada de Saramagos, escavado em 1990, e usando paralelos arqueológicos referenciados na região. Trata-se de um exercício de arqueologia experimental para tentativa de resolução de questões construtivas e ensaio do seu funcionamento. Este tipo de monumentos sobressaem pela sua originalidade e técnica construtiva do conjunto arquitetónico castrejo.

Este balneário corresponde a uma edificação que possuía um forno destinado a banhos. Os castrejos dedicavam-se a práticas do tipo sauna, com vapor produzido por pedras aquecidas pelo fogo, a que se seguiam banhos de água fria.

Alguns destes edifícios possuíam uma Pedra Formosa (na imagem), nome dado à peça principal destes balneários pré-romanos. Construídos em monólitos, impressionam quer pelas suas grandes dimensões, quer pela beleza dos motivos com que se encontram decorados os poucos exemplares encontrados.

O regresso ao Museu está previsto para as 17h30.

A participação é aberta ao público em geral, mas limitada a lotação de 25 participantes. Os “Encontros do Património” têm inscrição obrigatória através de email:  museus@cm-stirso.pt ou telefone: 252 830 410.

A programação inicia-se às 15h00 na sede do Museu Municipal Abade Pedrosa/Museu Internacional de Escultura Contemporânea.

Programa:

15h00 – Conferência sobre Balneários Catrejos (João Machado e Álvaro Moreira)
16h00 – Saída com destino ao Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão (Transporte assegurado pelo Município de Santo Tirso)
16h30 – Visita guiada à reconstituição do balneário do Castro das Eiras
17h30 – Regresso ao MMAP/MIEC

Imagens: (0) Henrique Matos, (1) Município de Santo Tirso (2) Parque da Devesa

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.