Braga

Mobilidade | Braga Ciclável pressiona executivo no sentido de corrigir bicicletários na zona do Mercado Municipal

Mobilidade | Braga Ciclável pressiona executivo no sentido de corrigir bicicletários na zona do Mercado Municipal

Pub

 

 

 

A instalação de estacionamentos adequados para bicicletas na cidade de Braga é uma das reivindicações mais antigas da associação Braga Ciclável. A medida era destacada como uma das mais urgentes na Proposta Para Uma Mobilidade Sustentável, lançada em 2012 e entregue ao Município e às várias forças políticas, incluindo ao então vereador Ricardo Rio.

 

 

A Braga Ciclável lançou um alerta recente ao Executivo Municipal bracarense para os problemas existentes na instalação dos novos bicicletários, integrados num plano municipal de implementação de estacionamentos para bicicletas em Braga. O plano em questão previa inicialmente a instalação de 1000 suportes de estacionamento, tendo sido anunciada em 2 de outubro de 2018 a instalação das primeiras 75 estruturas, que depois foram anunciadas como sendo 78 no dia 13 de dezembro, mas que afinal, de acordo com as últimas declarações do Vereador da Mobilidade ao Jornal de Notícias, serão apenas 28 suportes metálicos (criando um total de 56 lugares de estacionamento). No dia 10 de março, poucos dias depois do alerta da Braga Ciclável e da reportagem no JN, esses bicicletários foram retirados.

No entanto, refere a Braga Ciclável, ainda nessa mesma semana, chegaram a essa associação relatos de que haviam sido colocadas mais estruturas semelhantes às retiradas na envolvente ao Mercado Municipal da cidade que se encontra em obras. A Braga Ciclável realizou uma visita ao local para avaliar a forma como estavam a ser colocados, tendo medido, tirado fotografias e voltado a enviar, no passado dia 16 de março, uma carta aberta, via email, dirigida ao Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, ao Vereador da Gestão e Conservação do Espaço Público, João Rodrigues e ao Vereador da Mobilidade, Miguel Bandeira – uma vez que foi este último o vereador quem recentemente prestou esclarecimentos à comunicação social na sequência da carta aberta que a Braga Ciclável endereçou ao município.

Braga Ciclável surpreendido

“Surpreende-nos ver uma alteração como esta, que acaba sendo um retrocesso na qualidade das infraestruturas instaladas e na política anteriormente assumida. Não faz sentido mudar o tipo de suporte, sem uma estratégia fundamentada e sem manter um design igual para melhor perceção da população relativamente à função dos suportes”.

Por verificar que há problemas na instalaçãos destas infraestruturas, nomeadamente a localização dos bicicletários, as distâncias entre estacionamentos e a falta de segurança para pessoas invisuais – “os suportes metálicos não têm espaço suficiente entre si e foram colocadas em passeios, quando neste caso concreto deveriam substituir lugares de estacionamento automóvel” -, a Braga Ciclável decidiu-se a escrever a referida carta – email enviado pela Braga Ciclável na sexta feira, dia 16 de março, sem resposta até ao dia 30 -, a associação decidiu ontem, 4 de abril, torná-la pública, uma vez que não houve resposta nem correção às obras realizadas.

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983404

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.