Parceria com o TRIAVE dá também resposta a mais de 1300 pedidos de informação ao longo de 2021

CIAC de Guimarães responde a mais de 700 reclamações de consumidores

CIAC de Guimarães responde a mais de 700 reclamações de consumidores

Pub

 

 

O Centro de Informação Autárquico ao Consumidor (CIAC) de Guimarães mostrou-se satisfeito no balanço que fez relativamente à sua atividade durante o ano transato. Motivo: apesar de um movimento semelhante ao do ano 2020, o ano de 2021 viu diminuir para apenas 88 processos pendentes, enquanto no ano anterior se registavam 130 processos na mesma circunstância.

O movimento processual e de pedidos de informação no âmbito dos serviços do CIAC em relação ao ano de 2021 é muito semelhante em comparação com o ano anterior, com a abertura de 704 processos de reclamação (712 em 2020) e ainda 1389 pedidos de informação (1394 em 2020).

Apesar dos constrangimentos no atendimento originados pela situação de pandemia, o TRIAVE considera ter trabalhado melhor na medida em que apenas ficaram pendentes 88 processos, enquanto no ano anterior se registavam 130 processos na mesma situação.

Recorde-se que a parceria com o TRIAVE permite prestar um serviço de excelência, permitindo ao consumidor pedir uma informação, apresentar um processo e a sua resolução, no limite, com recurso a um procedimento arbitral, num único espaço e sem necessidade de se deslocar ou distinguir serviços.

A arbitragem necessária dos Serviços Públicos Essenciais numa primeira fase (em 2011), e, mais tarde (em 2019), para todos os conflitos de consumo até aos €5.000,00 fez disparar a procura dos serviços TRIAVE/CIAC. Neste ano de 2022, perspetiva-se a continuidade de uma procura estes serviços, por parte dos consumidores, considerando que até ao momento o CIAC já registou a entrada de 131 processos de reclamação e 244 Pedidos de Informação.

Os serviços públicos essenciais continuam a liderar o movimento processual, destacando-se também à semelhança de anos anteriores, as comunicações eletrónicas, seguido da energia elétrica.

JYSK Portugal - Vila Nova de Famalicão - Lagoa - Atlantic Park - Decoração - Têxteis-lar - Casa - Habitação - Loja - Residência - Morada - conforto - bem-estar - JYSK - JYSK Portugal - Vila Nova de Famalicão - loja - estabelecimento comercial - atlantic park - decoração - têxteis-lar, colchões - roupa de cama - roupa de banho - mobiliário - conceito - 3.0 - hygge - bem-estar - conforto - tranquilidade - preço - desconto - reabertura - investimento - postos de trabalho

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão - comunidade

Centro de Informação ao Consumidor da Trofa atende 2356 utentes

Esposende programa ‘WOWman: Mulher, tantos Mundos’

Imagem: MGMR

VILA NOVA, o seu diário digital. Conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade, entre outros.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta. A melhor forma de o fazermos é dispormos de independência financeira.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Visite também os nossos anunciantes.

Gratos pela sua colaboração.

‘Encontro Nacional de Centros de Informação’ ao consumidor no 30º aniversário do CIAC de Guimarães

Sexo & Trabalho: o que fazer com a prostituição?

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.