Tag "sentido"

Voltar à homepage
Cultura Poesia

É sempre o leitor que escreve os versos invisíveis do sentido

    1. A verdade pode ser dita, porque quem sabe, já sabe; e quem não, não acredita. 2. As palavras, num poema, nem precisam ter sentido. Basta que tenham

Crónica Cultura

Dar Coisas aos Nomes | Nada de narrativas

    “[…] a precisão da indecisão, isso é a literatura” (página 170, revista Electra, Alexander Kluge). Invejo saudavelmente o uso dos deíticos, esses relâmpagos certeiros que sabem dividir o

Mais recentes

Dar Coisas aos Nomes | Parece que foi ontem

    (Consiste este texto na apresentação que fiz para as provas públicas do meu doutoramento, realizado há três anos, dia 11 de setembro de 2015, na Universidade do Minho.

Crónica Ensino Sociedade

‘Educare’ – todos somos alunos, pais e professores

    ‘Educare’: pais, professores e alunos, colocamo-nos, com frequência, diversas questões a que muitos de nós tentamos também responder sobre esse processo que é o ato de educar. O