Poesia

Voltar à homepage
Literatura Poesia

Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar

    Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar. O céu escureceu e vejo uma estranha luz intermitente depois da encosta. Sente-se no ar, vê-se entre as nuvens,

Literatura Poesia

O Viajante regressa à ‘Viagem a Portugal’ com José Saramago

    “A viagem acabou. Não é verdade. A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. Quando o

Literatura Poesia

Não me vou esquecer de mim

    1. Não me vou esquecer de mim. Não há morte que me aporte e de mim mesmo me aparte e me leve no que sou. Pode vir quando

Cultura Poesia

O amor é mais, muito mais, que o que vemos, sentimos e temos

    1. O amor é mais, muito mais, que o que vemos, sentimos e temos. Mais que o pensamos ser, desejamos e imaginamos. Tudo isso, e disso, certamente, ele

Crónica Memórias Poesia

Lembrei-me de um poema

    Sento-me agora um pouco. Passei o dia de um lado para o outro a tratar de coisas, compromissos, recados, visitas. Soube-me bem passar na Queijaria Central, aqui bem

Literatura Poesia

Quem é que passou por aqui, quem foi?

    1. Quem é que passou por aqui, quem foi? O que é que se passou? Diz-me, Corvo, tu que sabes, como é que isto foi? Tinha corpo, ou

Cultura Ensaio Literatura Poesia

Emanuel Jorge Botelho: uma sombra no risco da noite

    «vem de longe a calamidade, a imaginária sombra». Assim começa um poema de Emanuel Jorge Botelho, num livro que data de 1982, intitulado Cesuras. Encima-o, numa epígrafe, a

Literatura Poesia

Uma fatia de desespero na pele e um nó na garganta do sonho

    Não me lembro do dia em que o baloiço partiu, mas tenho quase a certeza que, nesse dia, o sol brilhava por cima do teu ombro, num ir

Cultura Literatura Poesia Sociedade

Todo o amor tem o seu tempo

    1. Todo o amor tem o seu tempo, mesmo quando é amor para sempre. Todo o mar, mesmo de rosas, se agita e tem marés, e marés vivas.

Cultura Literatura Poesia

‘Responder com poesia é um ato de resistência’

    É filho da cidade invicta, poeta, tradutor e médico. Tem quinze livros editados, que já lhe valeram, entre outros, o Prémio Criatividade Nações Unidas, o Prémio Nacional de

Cultura Poesia

É nas encruzilhadas que se travam as batalhas

    1 É nas encruzilhadas que se travam as batalhas – grandes e pequenas – e se acende a chama. É nas encruzilhadas que se ateia o fogo, Se

Cultura Poesia

É sempre o leitor que escreve os versos invisíveis do sentido

    1. A verdade pode ser dita, porque quem sabe, já sabe; e quem não, não acredita. 2. As palavras, num poema, nem precisam ter sentido. Basta que tenham

Cultura Literatura Poesia

Quando amanhã vires

      1. Quando amanhã vires por mero acaso este granito se ele existir fica a saber que o gravei a correr com a alma a doer na palma

Arte Literatura Poesia Sociedade

Para ti, Mãe

    Para ti quis trazer as coisas mais belas e em tudo o que fiz pus o cuidado meticuloso de quem ama porque os outros se mascaram mas tu

Cultura Literatura Poesia

O Rei do Mundo responde ao Poema Indecente com um antipoema

    Não… Não era minha intenção nascer no meio dos reis e dos palhaços malabaristas e dos donos destas estradas inócuas. Não… Não… Não… Não era minha intenção ser

Cultura Literatura Poesia

Não gosto de poemas

    Não gosto de poemas, porque me fazem espirrar. Eles fazem-me cuspir sangue que não é meu, recitar orações subordinadas pouco valiosas, dançar uma valsa com um destino que

Cultura Ensaio Literatura Livros Poesia

Falhar com verdade

    1. No Natal de 1996, o meu pai deu-me como presente a antologia Primeiro Livro de Poesia, organizada por Sophia de Mello Breyner Andresen. Já antes havia recebido

Cultura Literatura Poesia

Dejá-vu

    ezra pound descalço canta: “tree you are, / moss you are, / you are violets with wind / above them…” cantam os pés brancos sobre as tábuas oscilando

Cinema Cultura Ensaio Filosofia Literatura Poesia

A vida é puta: ou a poesia face à iminência da morte

    1. Vinte e cinco anos depois da sua estreia, o filme Se7en – Sete Pecados Mortais, com realização de David Fincher, continua a ser elevado como precursor de

Cultura Literatura Livros Poesia

Assírio & Alvim (re)antologia Luís Miguel Nava com ‘Poesia’

    A pele era o que de mais solitário havia no seu corpo. Há quem, tendo-a metida num cofre até às mais fundas raízes, simule não ter pele, quando

Cultura Literatura Livros Poesia

Luís Filipe Sarmento publica ‘Ao Rubro: Poesia Reunida 1975-2020’

  “Estou feliz. 1200 páginas de felicidade.” A obra Ao Rubro acaba de ser publica pela Poética Edições. Reúne a poesia de Luís Filipe Sarmento, publicada ao longo dos seus 45

Cultura Ensaio Literatura Livros Poesia

António Barahona: outra vez um menino já depois de velho

    É dia da criança, tudo sol e passarinhos, com as devidas distâncias sanitárias. Há que imaginar grandes relvados abertos, um pouco de água brilhando ao fundo, muitas árvores,

Crónica Cultura Poesia Sociedade

… era Valentina, de seu nome…

    … não consigo dormir, nem pegar em nenhuma fotografia; em quase todas, tem um gato ao colo, lembrando as meninas de Renoir, dizendo de uma ternura por haver…

Cultura Poesia

Deixarei a janela aberta

    estava a pensar pedir-te uma fotografia para emoldurar no caixilho do meu coração e que estivesses ciente de que se a conseguir lá colar será pouco provável que