Poesia

Voltar à homepage
Ambiente Ensino Leitura Poesia Vila Real

Vila Verde quer todos vigilantes na proteção da floresta

    Vila Verde assinalou hoje o Dia Mundial da Árvore e da Poesia, com a realização de um programa organizado pelo Município dirigido por Júlia Fernandes, com diversas atividades

Cultura Literatura Poesia

Interminável fascínio

    O interminável fascínio que me prende É uma fogueira ao longe, da qual Me aproximo. Já houve aqui geada, Árvores derrubadas pelo vento, algum   Desânimo, tormentas e

Braga Comunidade Literatura Poesia Reconhecimento

Espetáculo performativo encerra Centenário da poetisa Maria Ondina Braga

    Na data em que se completaram 100 anos sobre a data de nascimento da escritora bracarense Maria Ondina Braga – 13 de Janeiro -, o município bracarense reconheceu

Agenda Amares Literatura Poesia

Amares lança 3ª edição do Prémio de Poesia Sá de Miranda

    Amares, através da Biblioteca Municipal e com a colaboração do Centro de Estudos Mirandinos, acaba de lançar a 3.ª edição do Prémio Literário Francisco de Sá de Miranda,

Literatura Poesia

“Sonetos do abandono”, assim chamados

    “Sonetos do abandono”, assim chamados Porque esse desabrigo constataram Sobre a cama, sob um afastamento Sem sentido, a provocar a dor   De quem sempre te viu como

Arte Cultura Poesia

O (não) viver de Cruzeiro Seixas

    Artur Manuel Rodrigues do Cruzeiro Seixas surrealizou por aí quanto baste – em Portugal, mas não apenas. Deixou, assim, para memória futura uma impressionante quantidade de trabalhos enquanto

Cultura Literatura Poesia Reconhecimento

João Luís Barreto Guimarães vence Prémio Pessoa

    O vencedor do Prémio Pessoa 2022 é João Luís Barreto Guimarães. Na sua 36ª edição, o Prémio Pessoa – iniciativa do jornal Expresso e da Caixa Geral de

Crónica Cultura Literatura Memória Poesia

A praia da Ramalha na Apúlia

    Chegados à Apúlia, a pequena vila agrícola e balnear do concelho de Esposende, olhamos para sul e vemos uma grande extensão de dunas e areia – a praia

Cultura Literatura Poesia

Manual de Escrita Criativa: os dez mandamentos do escritor

    Primeiro. Amarás a Literatura acima dos interesses comerciais, da sedução das tabelas de venda e da popularidade. Mesmo que isso signifique viver incógnito e ser reconhecido apenas depois

Literatura Poesia

Em verdade vos digo

    1. Em verdade vos digo Que guardeis a esperança E a semeeis 2. Sei que sentis a angústia Da beleza das flores ameaçada Do aroma da terra lavrada

Cultura Literatura Poesia

Dia do Poeta

    Neste dia, meu caro poeta, bem podes andar com os cabelos ao vento. Nas praças, nas praias, ao dobrar uma esquina, ao subir à plataforma do castelo na

Agenda Cultura Esposende Leitura Literatura Música Poesia

D. Sebastião e Sérgio Godinho levam ‘histórias’ a Esposende

    As personalidades de Sérgio Godinho e D. Sebastião centram as principais atenções no próximo mês de outubro, em Esposende. Marcado por intensa atividade na Biblioteca Municipal Manuel de

Literatura Poesia

Cumprir-se na verdade de ser homem

    1. Deve o homem a si mesmo o fogo de lavrar, de plantar e semear, impelido pelo espírito das montanhas e dos campos e das águas, e a

Cultura Literatura Poesia

Carta a Jorge de Sena

    1. Em tudo foste superior, e nunca, mas nunca Se te acabaram as palavras. Em nenhuma das tuas facetas deixaste o sabor amargo de te teres esgotado, não

Literatura Poesia

Gostava de morrer em Setembro

      Gostava de morrer em Setembro. No deste ano ou num Setembro vindouro, mas não no início do mês porque é ainda Verão e no Verão há demasiada

Literatura Memórias Poesia

Daqui a pouco

    Seduzia-me a costa a norte de Viana. Um pouco mais estranha e inacessível, escorregada das encostas da serra d’Arga. Ao aproximar de Viana, o vale do Lima em

Cultura Literatura Poesia

Abre-lhe a porta, meu amor

    1. Dão os sinos no silêncio as badaladas. Meu amor, é madrugada, estão os melros a acordar.   2. Já chegou o melro branco, meu amor, irrequieto, que

Cultura Ensaio Filosofia Literatura Poesia

André Barata e a solidariedade discreta das coisas

    1. «O que há a fazer é sermos muito melhores a apanhar boleias, do sol, do mar e da inteligência técnica da vida natural do mundo. Tentarmos viver

Cultura Literatura Poesia

Algumas raparigas são quartos de hotel

    algumas raparigas são quartos de hotel: só nos arrendam o silêncio de um coração exausto. 1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Literatura Poesia

Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar

    Tenho um sonho, mas talvez não o possa realizar. O céu escureceu e vejo uma estranha luz intermitente depois da encosta. Sente-se no ar, vê-se entre as nuvens,

Literatura Poesia

O Viajante regressa à ‘Viagem a Portugal’ com José Saramago

    “A viagem acabou. Não é verdade. A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. Quando o

Literatura Poesia

Não me vou esquecer de mim

    1. Não me vou esquecer de mim. Não há morte que me aporte e de mim mesmo me aparte e me leve no que sou. Pode vir quando

Cultura Poesia

O amor é mais, muito mais, que o que vemos, sentimos e temos

    1. O amor é mais, muito mais, que o que vemos, sentimos e temos. Mais que o pensamos ser, desejamos e imaginamos. Tudo isso, e disso, certamente, ele

Crónica Memórias Poesia

Lembrei-me de um poema

    Sento-me agora um pouco. Passei o dia de um lado para o outro a tratar de coisas, compromissos, recados, visitas. Soube-me bem passar na Queijaria Central, aqui bem