Guimarães sem Capital Verde mas no caminho da sustentabilidade

Guimarães sem Capital Verde mas no caminho da sustentabilidade

Pub

11

 

Vilnius, capital da Lituânia, que este ano celebra 700 anos da sua fundação, viu ser-lhe atribuída a distinção Capital Verde Europeia 2025, numa decisão final em que estiveram presentes também Guimarães e a cidade austríaca de Graz. Embora a escolha final anunciada em Talin, capital da Estónia, não tenha recaído sobre a cidade berço da nacionalidade, com o orgulho do trabalho feito no que se refere às políticas de sustentabilidade desenvolvidas no território, o Secretariado do Partido Socialista de Guimarães toma a dianteira e felicita a equipa promotora da candidatura vimaranense à Capital Verde Europeia no dia em que acaba de ser conhecida a decisão do júri internacional que atribuiu o resultado mais favorável à histórica cidade de Vilnius.

A escolha da histórica cidade portuguesa para integrar a lista finalista das três melhores candidaturas de toda a Europa foi logo que conhecida motivo de orgulho de todos os vimaranenses e particularmente da Câmara Municipal de Guimarães e da equipa de candidatura liderada pela Professora Isabel Loureiro da Universidade do Minho. Embora não tenha sido a cidade escolhida, Domingos Bragança não desiste da ideia e garante que vai voltar a candidatar Guimarães a Capital Verde em 2026.

Depois de uma dezena de anos a realizar trabalho com este intuito em vista, Guimarães aspirava com legitimidade à consagração final de Capital Verde, na continuação do trabalho realizado desde que em 2017 obtivera o 5º lugar entre 13 cidades candidatas, mas que, na verdade, começara já mais atrás, em 2013, conforme Domingos Bragança, presidente da autarquia vimaranense, recordou na Green Week realizada em Setembro último, ao assinalar que o percurso de Guimarães rumo à sustentabilidade ambienta começara efetivamente em 2013, com políticas de sensibilização e de ações no terreno, como o programa escolar PEGADAS e a constituição das Brigadas Verdes.

Resultados das políticas ambientais vimaranenses com impacto nas resíduos, água, ar, mobilidade e proteção à diversidade

Não foi alcançada essa ambição. Mas “a audição da decisão final, nas palavras da porta-voz do júri, que relevou a dificuldade da votação, a excelência ambiental das três cidades finalistas, o equilíbrio entre elas, é um reconhecimento dos resultados das políticas ambientais que têm sido prosseguidas nos resíduos, na água, no ar, na mobilidade, na proteção à diversidade”, releva o Secretariado do PS Vimaranense, salientando que todas as componentes que integraram a candidatura foram reconhecidas pelo seu mérito.

Guimarães no rumo certo em direção à sustentabilidade

De acordo com o Partido Socialista, “Guimarães mostrou na Europa que prossegue o caminho certo, que será continuado e, acima de tudo, assumido como prioridade política das populações na formação das novas gerações, e nas práticas quotidianas dos residentes, das escolas, e dos agentes políticos”, caminho que prossegue desde o início do primeiro mandato de Domingos Bragança à frente dos destinos de Guimarães que elegeu a sustentabilidade ambiental como marca primeira das políticas municipais.

Mesmo sem o título de capital Verde, cidade berço quer garantir mais futuro e melhor qualidade de vida

Para ser Capital Verde Europeia, “não era fácil o caminho porque Guimarães,  como todos os concelhos economicamente pujantes o fizeram no passado, alcançou um desenvolvimento económico sem essa prioridade. Era preciso inverter e coragem para o definir e praticar”, recorda a estrutura concelhia socialista de Guimarães.

As duas classificações prévias – em 2017 e 2023 – afirmaram-se orgulhosos de se encontrarem “no caminho certo”, ainda que haja em frente muito a percorrer. O Partido Socialista de Guimarães felicita, por isso, todos os responsáveis, políticos e técnicos, pela candidatura, e releva as políticas que permitiram alicerçar as componentes que ela apresentou, afirmando a necessidade e urgência de continuar o caminho iniciado, reforçá-lo, corrigir os indicadores onde, porventura, estiveram menos bem, de modo a garantir à Guimarães do futuro, às novas gerações, mais e melhor qualidade de vida, mais saúde, melhor ambiente, mais ecologia, melhores comportamentos no dia a dia.


Imagem: PS


Guimarães vence Prémio Nacional de Sustentabilidade

A moda não tem idade, os seniores de Nine são ‘fashionable’

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.portugal - vila nova online - diário digital de âmbito regional - famalicão - braga - barcelos - guimarães - santo tirso - póvoa de varzim - trofa - viana do castelo - esposende - som - ruído - ambiente - poluição - sustentabilidade - construção civil - economia - empresas - tecnologia - jogo - comunicação - desporto - cultura - conhecimento - opinião - brincar - crianças - família - educação - ensino - escola primária - escola - escolas - escolaridade - infância - memória - mulher - mulheres - intimidade - relação - livro

Pub

Dicas para usar o crédito em Portugal de forma responsável

Dicas para terminar o TCC

5 dicas para escolher o modelo de currículo certo

5 dicas para o sucesso profissional em 2023

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.portugal - vila nova online - diário digital de âmbito regional - famalicão - braga - barcelos - guimarães - santo tirso - póvoa de varzim - trofa - viana do castelo - esposende - som - ruído - ambiente - poluição - sustentabilidade - construção civil - economia - empresas - tecnologia - jogo - comunicação - desporto - cultura - conhecimento - opinião - brincar - crianças - família - educação - ensino - escola primária - escola - escolas - escolaridade - infância - memória - mulher - mulheres - intimidade - relação - livro

Pub

Chef Artur Gomes vence prémio de sustentabilidade S. Pellegrino

Novos fornos industriais dão asas à criatividade dos chefs

‘A Cozinha’ é primeiro restaurante Zero Resíduos da Europa

ReFOOD. ‘Acabar com desperdício alimentar e ajudar os que mais precisam’

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.portugal - vila nova online - diário digital de âmbito regional - famalicão - braga - barcelos - guimarães - santo tirso - póvoa de varzim - trofa - viana do castelo - esposende - som - ruído - ambiente - poluição - sustentabilidade - construção civil - economia - empresas - tecnologia - jogo - comunicação - desporto - cultura - conhecimento - opinião - brincar - crianças - família - educação - ensino - escola primária - escola - escolas - escolaridade - infância - memória - mulher - mulheres - intimidade - relação - livro

Pub

António Rodrigues e Grupo Casais vêem mérito reconhecido nos Prémios Construir 2023

Remodelar uma Cozinha: os melhores materiais para utilizar em bancadas

Últimas tendências em mesas de jantar unem design e preço

Acessórios e mobiliário para uma casa elegante

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.