Cotec e Matosinhos promovem 12º Encontro PME Inovação

Cotec e Matosinhos promovem 12º Encontro PME Inovação

Pub

 

 

A agência de desenvolvimento Cotec Portugal e o Município de Matosinhos uniram esforços para realizar a 12ª edição do Encontro PME Inovação, encontro de empresas e empresários que decorreu esta quarta-feira, 30 de novembro, no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões. Sob o mote ‘Contra-Ciclo’, para lá da presença de Marcelo Rebelo de Sousa, o Presidente da República, que entregou o prémio PME Inovação à Addvolt, empresa líder no mercado da mobilidade elétrica, entre os oradores contaram-se os presidentes das duas referidas instituições, António Rios de Amorim e Luísa Salgueiro.

Em Contra-Ciclo, persistir em busca de maior participação e protagonismo na economia global

Neste congresso de PME inovadoras as empresas encontraram-se, em Contra-Ciclo, com o objetivo de contrariar a estagnação e a recessão provocada pela imprevisibilidade que dois fenómenos como a pandemia e a guerra na europa desencadearam no mundo.

Em Contra-Ciclo permitiu, assim, congregar experiências e saber na aplicação de novas tecnologias, para mostrar como está a realizar-se a expansão internacional dos modelos operativos e de negócio, a integração vital da fábrica com os restantes processos de negócio, a criação de vantagens por novas formas de organização do trabalho e da colaboração, e maior visibilidade, transparência e rastreabilidade na cadeia de abastecimento, com progresso sistemático na eficiência da utilização dos ativos e produtividade em toda a cadeia de valor.

Face aos tempos de adversidade, estar em Contra-Ciclo significa, por isso, manter um compromisso inabalável no crescimento e expansão do negócio, procurar na inovação as respostas para ultrapassar restrições conjunturais, constrangimentos operativos e persistir em busca de maior participação e protagonismo na economia global.

António Rios de Amorim destaca COTEC no estímulo à inovação

António Rios de Amorim, presidente da Cotec Portugal, deixou clara, neste encontro de PME, a sua “aposta em estimular a cultura de inovação empresarial, que diz ser a única receita para aumentar a escala e valor da produção nacional”, conforme salienta o diário digital ECO – Economia Online.

Na abertura do 12º Encontro PME Inovação, no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, em Matosinhos, António Rios Amorim, deixando uma mensagem de otimismo, sublinhou ainda que “a escala é absolutamente fundamental para criar valor para a economia” portuguesa, lembrando que “é sempre possível questionar o que [se faz], procurar novas soluções e exceder as melhores expectativas”, pois é também sempre possível “afirmar-se em contraciclo”.

O gestor, que preside também à Corticeira Amorim, destacaria o papel da COTEC “na conversão de conhecimento científico em valor económico”, em particular no que se refere às áreas da Indústria 4.0 ou da digitalização.

antónio rios de amorim - presidente da cotec - em contra-ciclo - matosinhos - prémio pme inovação - corticeira amorim

Luísa Salgueiro procura uma economia mais inovadora, mais verde e mais resiliente

Luísa Salgueiro, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, apresentou alguns dados importantes sobre Matosinhos que fazem do município um território com condições únicas para desenvolver um negócio numa época de incerteza em que é necessário “contrariar o pessimismo e procurar exemplos de resiliência e de sucesso”:

  • rede de ligações inigualável;
  • segundo maior porto de mercadorias e passageiros;
  • ligação privilegiada com o segundo maior aeroporto de Portugal;
  • acessos ferroviários e rodoviários de nível regional e nacional;
  • rede de transportes públicos orientada para o nível metropolitano;
  • concelho habituado ao diálogo e ao trabalho conjunto, seja na Frente Atlântica, numa cooperação com os concelhos do Porto e de Vila Nova de Gaia, ou no Grupo de Ação Costeira Litoral Norte, num diálogo estratégico com os concelhos da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde; e
  • cidade integrada na Área Metropolitana do Porto, na Região Norte e na Euroregião Norte e Galiza, com um papel fundamental na dinâmica económica.

No atual contexto de incerteza e imprevisibilidade, Luísa Salgueira considera ser “necessário, enquanto política municipal, desenvolver instrumentos que permitam criar sucessivamente melhores condições para que as nossas empresas cresçam, inovem e conquistem vantagens competitivas, em especial para as jovens PME que procuram consolidar-se nos seus respetivos mercados”.

Luísa Salgueiro apresentou, em complemento e de forma sucinta, alguns projetos desenvolvidos pela autarquia que seguem esta linha de pensamento. A zona Livre Tecnológica, o Living lab de Matosinhos ou o projeto AYR, que valoriza as poupanças de carbono da população, foram alguns dos exemplos apresentados.

“O futuro passa justamente por aqui: um trabalho conjunto de cooperação com instituições e empresas, para criarmos uma economia mais inovadora, mais verde e mais resiliente”, concluiu.

Presidente da República entrega Prémio PME Inovação

Marcaram ainda presença neste evento empresarial a vereadora do Desenvolvimento Económico, Turismo e Inovação da Câmara de Matosinhos, Marta Pontes, o presidente do Conselho de Administração da APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, SA, Nuno Araújo, o presidente da direção da COTEC Portugal, António Rios de Amorim, entre outras individualidades, oradores e representantes do setor empresarial.

A sessão de trabalho terminou com a apresentação das empresas finalistas ao prémio PME Inovação e com a entrega do Prémio PME Inovação COTEC-BPI 2022 à empresa Addvolt pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Na sua intervenção, o Chefe de Estado salientou as mudanças no panorama da invocação empresarial em Portugal nos últimos 20 anos e o contributo da COTEC Portugal para essa transformação, desde a sua fundação em 2003.

addvolt - mobilidade elétrica - prémio pme inovação cotec-bpi - 2023 - presidente da república - marcelo rebelo de sousa - matosinhos

Cotec Portugal, a promover a inovação e cooperação tecnológica empresarial desde 2003

Constituída em 2003, a COTEC Portugal é a principal associação empresarial portuguesa para a promoção da inovação e cooperação tecnológica empresarial. O universo da COTEC Portugal engloba empresas multinacionais, grandes grupos nacionais e PME’s, em vários sectores de atividade, representando, em termos agregados, mais de 16% do PIB em valor acrescentado bruto e 8% do emprego privado. As atividades principais da COTEC Portugal incluem a antecipação e reflexão sobre temas chave da inovação com impacto na competitividade das empresas, a ativação de plataformas e redes colaborativas e a contribuição para a melhoria de políticas públicas em matérias de inovação.

Imagens: 0, 1) Francisco Teixeira / MMTS 2) PR

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Orçamento de Famalicão para 2023 no valor de 139 milhões de euros

Matosinhos lidera transparência entre as maiores cidades de Portugal

Matosinhos lidera valor de aprovação de fundos comunitários

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.