Dia da Cidade Educadora assinalado na Quinta Pedagógica de Braga

Dia da Cidade Educadora assinalado na Quinta Pedagógica de Braga

Pub

 

 

O Dia Internacional da Cidade Educadora foi assinalado na Quinta Pedagógica de Braga, esta Quarta-feira, 30 de Novembro, com um conjunto de actividades destinadas a crianças e adultos e associadas à biodiversidade e à arte da ilustração. A actividade contou com a presença dos vereadores da Educação, Carla Sepúlveda, e do Ambiente, Altino Bessa.

A tela ora ilustrada na Quinta Pedagógica de Braga irá ser exposta num momento de celebração da Educação e da Escola que se realizará no início do próximo ano.

Painel ‘Cidade Educadora’ orientado pela ilustradora Soraia O.

Sob o lema “A Cidade Educadora, cidade de paz e oportunidades”, a efeméride teve como palco a Quinta Pedagógica de Braga, onde crianças e adultos participaram na ilustração de um painel alusivo ao tema. Orientada pela ilustradora Soraia O., a actividade teve como objectivo principal pensar e passar para a tela a Cidade Educadora que todos desejam.

O Dia Internacional da Cidade Educadora tem como objectivo criar consciência sobre a importância da Educação e dar visibilidade ao compromisso dos governos locais para destacar como vector gerador de bem-estar, convivência, prosperidade e coesão social.

Biodiversidade e educação unem esforços em Braga

Para a vereadora da Educação, Carla Sepúlveda, a Cidade Educadora agrega oportunidades em diversas áreas distintas na acção e na forma. “Braga é uma Cidade que, através do tanto que se faz, promove a paz e proporciona oportunidades diferenciadoras à comunidade”, referiu a vereadora, assinalando que Braga é uma Cidade Educadora “na saúde, na escola, nos lares de terceira idade, na inclusão, na rua, no associativismo, no ambiente, no desporto”.

Também presente, Altino Bessa, vereador do Ambiente, sublinhou a importância da biodiversidade. “Foi com muito agrado que constatámos que as crianças têm já uma visão alargada do que implica viver em comunidade e sabem pensar o espaço e as pessoas como um todo”, referiu. O autarca destacou ainda a actividade das sementeiras que, a título simbólico, “pretendeu transmitir aos mais jovens a ideia de que para ser é preciso ‘plantar’ e cuidar para crescer num espaço sustentável e aberto à diversidade”.

Braga em Risco afirma cidade de ilustração e criatividade

Energizarte: 8 obras de arte pública em Braga

Braga avança rede de praias fluviais no rio Cávado

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

Vila Verde aprova orçamento mais social e investidor de sempre

Donativos a VILA NOVA Online

O problema da Educação

‘Escola Alerta!’ desafia ensino a promover mais e melhor inclusão

Aprovada descentralização de competências na Educação e Saúde

Renting, a forma despreocupada de ter um automóvel novo

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.