Trabalhos do Museu do Traje e do Museu de Artes Decorativas deslocam-se até Pombal e Viseu

Natal | Presépios vianenses selecionados para exposições nacionais

Natal | Presépios vianenses selecionados para exposições nacionais

Pub

 

 

Presépios criados por artesãos vianenses e outros pertença do Museu de Artes Decorativas foram selecionados para marcarem presença em exposições em Viseu e no Pombal. Os trabalhos forma apresentado, com sucesso de público, no Natal passado nos museus vianenses.

Recorde-se que, no ano transato, no âmbito da programação de Natal “Sentidos de Viana 2019-2020”, os dois principais museus de Viana do Castelo apresentaram exposições relacionadas com a Natividade.

Divulgar e promover produção local em Viseu

Nessa altura, o Museu do Traje acolheu a exposição “Natividade – 1ª edição de Presépios de Artesanato de Viana”, que contou com a colaboração de 33 artesãos vianenses.  Esta foi uma forma de divulgar o artesanato de Viana do Castelo, já que os artífices foram convidados a elaborar um presépio com inspiração na temática popular do Museu e a colocar em cada um a sua interpretação pessoal, empregando para o efeito os materiais que habitualmente utilizam nas suas obras.

A exposição foi muito bem acolhida por todos os participantes e visitantes, contando com cerca de 3.700 visitantes durante o tempo em que esteve patente ao público. Foi lançado, aquando da exposição, o repto para uma segunda edição, que prontamente foi aceite. O sucesso desta exposição levou, agora, o Município de Viseu a organizar uma exposição temporária denominada Presépios de Arte Popular, no Museu Almeida Moreira, convidando os artesãos da 1ª edição de Presépios de Artesanato de Viana a participar.

Obras da ‘natividade’ do acervo da Paróquia de Monserrate possuidoras de valor intrínseco em Pombal

Já o Museu de Artes Decorativas  apresentou, em 2019, a exposição “Natividade – Presépios Historiados”, com obras do seu acervo, referentes ao ciclo da natividade, a que se associaram obras cedidas pela Paróquia de Monserrate. As obras, concebidas em diversas técnicas e materiais, incluíram esculturas em madeira, cerâmica, marfim, pinturas a óleo sobre madeira, óleo sobre tela, relevos em madeira policromada, pintura a têmpera sobre pergaminho e desenhos a tinta-da-china.

Durante o tempo em que esteve patente ao público a exposição foi visitada por cerca de 800 pessoas. A importância da sua temática levou, agora, o Arquivo Municipal de Pombal a solicitar algumas das obras expostas em 2019 no Museu de Artes Decorativas para uma exposição integrada na programação de Natal do Município de Pombal.

Imagem: Município de Viana do Castelo

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.