11/4 a 28/5 Braga

(Re)Viver | ‘Convívios’ ‘Para uma Universidade Nova’ assinalam, em Braga, 50 anos da Crise Académica de 1969

(Re)Viver | ‘Convívios’ ‘Para uma Universidade Nova’ assinalam, em Braga, 50 anos da Crise Académica de 1969

Pub

 

 

Sob o lema ‘Para uma Universidade Nova, em algumas datas situadas entre 11 de abril e 28 de maio, a Civitas Braga – Associação de Defesa e Promoção dos Direitos dos Cidadãos, a Fundação Bracara Augusta, a Universidade do Minho e a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva assinalam com um conjunto de eventos, a Crise Académica de Coimbra de 1969.

 

 

Recordando as noites longas nos jardins da Associação Académica de Coimbra, vamos promover a realização de “Convívios“, designação dada aos debates e tertúlias culturais na altura para contornar a vigilância do regime do Estado Novo. Pretende-se recriar estes momentos nos quais a palavra, as ideias, a música, a poesia e a amizade convocam a saudade e a nostalgia, debatem o presente e projetam o futuro.

A Crise Académica começou com o “Peço a palavra” de Alberto Martins, então presidente da AAC, a Américo Tomás, Presidente da República de então, aquando da inauguração do edifício das Matemáticas da Universidade de Coimbra, em 17 de Abril de 1969. Este foi o rastilho de uma crise que pôs em causa a “universidade velha” e até o próprio regime, contribuindo de alguma forma para lançar algumas das sementes do que veio a ser a Revolução dos Cravos, que veio a acontecer cinco anos depois. A Crise Académica é por muitos considerada “um Abril antes de Abril”, como a designou Rui Namorado, outro dirigente estudantil na época.

Para estes “Convívios” estão todos convocados, em especial os que na época estudavam em Coimbra e que vivem na região de Braga, mas também dirigentes da AAC de então, assim como historiadores, jornalistas, sociólogos, professores universitários e dirigentes estudantis atuais.

Programa

11 de abril

15h 30, Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, inauguração da exposição “Os papéis da/na Crise de Coimbra 1969

17h 15, Salão Nobre da Universidade do Minho

Convívio – A Voz aos Antigos Estudantes de Coimbra”, com Alfredo Soares Ferreira, António José Mendes, Artur Sá da Costa, Cândido Ferreira, Etelvina Sá, Fátima Martins, Fernando A. Machado, Henrique B. Nunes, Isolete Matos, José A. Veloso, José Manuel Mendes, José. M. Tarroso Gomes, Júlio Maria Gonçalves, Manuel Borralho, Manuela Losa, M. Gouveia Ferreira, Maria José Tinoco, Mário Lima, Teresa Palmeira. Moderação/animação por José Dias

12 de abril

21h 15, Museu Nogueira da Silva

Recital pelo Sindicato de Poesia, “Notícias do Bloqueio

13 de abril

21h 15, Salão Nobre da Universidade do Minho

Convívio – A Voz a Atores da Crise de 1969”, com Alberto Martins, Celso Cruzeiro e Rui Namorado. Moderação/animação por Manuel Sarmento. No final haverá um momento musical pelo grupo “Presença de Coimbra”

16 de abril

21h 15, Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Convívio – A Voz a Historiadores, Sociólogos e Jornalistas”, com Edite Esteves (do jornal A Capital), José M. Lopes Cordeiro (UM), Manuela Cruzeiro (CD25A), e Miguel Cardina (UC). Moderação/animação por Samuel Silva (Público)

17 de abril

18h 00, Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Apresentação do álbum “A Crise Académica de Coimbra de 1969 – uma reportagem fotográfica” de José A. Veloso

23 de abril

21h 15, Salão Nobre da Universidade do Minho

Debate “Que universidade queriam os estudantes, que universidade têm hoje?”, com Armando Leal (CEAP), Cacilda Moura (ex presidente AAUM), Carlos Videira (ex presidente AAUM), Delfina Fernandes (AEPUM), Francisco Costa (CeSIUM), Licínio Lima (UM), Nuno Reis (Presidente AAUM), Rui Vieira de Castro (Reitor UM), Wladimir Brito (UM). Moderação/animação por Elsa Moura, da RUM

11 a 30 de abril

9h 00 -19h 00, Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Exposição documental (iconografia, fotografia, imprensa, bibliografia, audiovisuais) “Os papéis da/na Crise de Coimbra 1969”, organização de Henrique Barreto Nunes

28 de maio

21h 30, local a designar

Concerto com os Canto D’Aqui. Comemoração do dia da Assembleia Magna que decidiu a greve aos exames.

 

Imagens: (0, 2) ‘Convívios’, (1) RTP

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à sua manutenção e desenvolvimento na rede. Só o conseguiremos fazer com capacidade financeira.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo.

MBWay: 919983484

Multibanco ou Netbanking:

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.