Verba destina-se à realização urgente de intervenções locais

Descentralização | Esposende transfere 450.000 euros para Juntas de Freguesia

Descentralização | Esposende transfere 450.000 euros para Juntas de Freguesia

 

 

A Câmara Municipal de Esposende vai conceder apoios financeiros às Juntas de Freguesia do concelho, no montante global de 450.000,00 euros. A proposta foi aprovada esta semana, por unanimidade, em reunião do executivo municipal, e igualmente aprovada em plenário da Assembleia Municipal, realizada a 28 de fevereiro.

Em causa está a atribuição de um apoio excecional de 30.000,00 euros a cada uma das quinze freguesias do concelho, para que as Juntas de Freguesia possam proceder à execução de pequenas intervenções nas suas localidades.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, refere que este apoio “a título perentoriamente excecional, se deve à necessidade urgente de intervenções ao nível das vias e espaços públicos sob a gestão das respetivas Juntas”. Acrescenta que “esta medida consubstancia a agilização de procedimentos e, por conseguinte, a resolução das situações, num mais curto espaço de tempo.

Esta medida enquadra-se no Plano de Investimento nas Freguesias, traçado pelo Município em estreita articulação com as Juntas de Freguesia, tendo presentes os eixos dos ODS da Agenda 2030 da ONU, e que contempla a concretização de um vasto conjunto de intervenções e projetos em todo o território concelhio. Com efeito, estão em curso e/ou em vias de concretização diversas intervenções, estando ainda a ser desenvolvidos diversos projetos, refletindo o plano de desenvolvimento e de melhoria da qualidade de vida no concelho de Esposende.

Fonte e Imagem: Município de Esposende

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Categories: Local, Política, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.