Vila Nova de Famalicão

Negócios | QuintalBio famalicense abre portas aos produtos frescos online

Negócios | QuintalBio famalicense abre portas aos produtos frescos online

Pub

 

 

O QuintalBio, a nova aposta para o dia a dia dos cidadãos, de Alexandra Silva e Pedro Veloso, mas com as mesmas preocupações ambientais, de sustentabilidade e de um estilo de vida saudável existente aquando do lançamento do projeto Life in a Bag, lançado em junho de 2013.

 

 

Se Life in a Bag primeiro é uma iniciativa que continua a motivar muita gente a cultivar uma horta de ervas aromáticas, flores comestíveis e microvegetais biológicos dentro de casa, já o novo projeto QuintalBio assenta numa plataforma online onde se pode comprar frutas e legumes biológicos, de produtores locais de Vila Nova de Famalicão, diretamente da horta.

O que agora se disponível para venda na loja online QuintalBio é tudo o que a horta dá no momento. O consumidor só tem que encomendar os seus produtos preferidos; depois esses produtos frescos e biológicos são entregues ao domicílio, todas as sextas-feiras e sem custos adicionais. Se assim o preferir, o cliente pode efetuar a recolha nas instalações da empresa, na Rua Fernando Pessoa, no centro da cidade de Famalicão.

“Desde sempre que nos preocupamos em ter uma alimentação saudável, por isso, tentamos comprar alimentos produzidos em modo biológico e de produtores locais. Não há nada como umas alfaces, brócolos ou tomates acabados de colher, faz-nos lembrar o tempo dos nossos avós onde grande parte dos alimentos vinham do quintal”, lembra a apresenta no seu site.

Para lá disso, acrescenta ainda ser “cada vez mais importante sabermos de onde vem aquilo que estamos a comer. Viver na cidade e ter acesso a alimentos frescos, com mais sabor, que duram mais tempo e que fazem melhor à saúde, é um privilégio“.

Donde o desafio a que Alexandra Silva e Pedro Veloso ora se lançam. Através de um circuito comercial de cadeia curta, que tem nos produtores locais a origem e no modo de produção biológico a garantia de qualidade, o projeto QuintalBio foi dado a conhecer na passada sexta-feira, 10 de maio, na apresentação pública do projeto. O Presidente da Câmara Municipal famalicense, Paulo Cunha, marcou presença em mais uma visita a pretexto do Roteiro Pela Inovação de Vila Nova de Famalicão.


O projeto está no seu início, tem sensivelmente dois meses, e o raio de entrega de produtos circunscreve-se ao perímetro da cidade, mas o volume de encomendas está a crescer de dia para dia. “Os resultados e a recetividade do mercado estão mesmo a superar as nossas expetativas”, disse Pedro Veloso, admitindo assim a possibilidade de o projeto vir um dia a crescer para todo o concelho e também no número de produtores aderentes.

A proximidade entre os produtores e os consumidores, a promoção de uma alimentação saudável e o conforto de receber à porta de casa produtos frescos e biológicos são mais-valias do QuintalBio.

Na ocasião, Paulo Cunha enalteceu o “empreendedorismo muito enraizado do casal” e disse estar particularmente satisfeito com o potencial do projeto, que “tem a virtude de estimular nos produtores locais a convicção de que é possível chegarem ao mercado”.

“No passado vivemos um contexto de pouca quantidade porque as pessoas tinham pouco poder de compra. Depois vivemos um período em que as pessoas compravam mais porque tinham mais poder de compra. E hoje já estamos a viver um período em que as pessoas mantêm poder de compra, mas preferem a qualidade em detrimento da quantidade. Isso favorece o biológico, a agricultura de proximidade, o produtor local e a dimensão social e ambiental”, declarou, para depois sublinhar que o QuintalBio tem todas as condições para ser bem-sucedido.

 

Imagens: (0) Município de Famalicão, (1, 2) QuintalBio

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.