Cruz Vermelha quer casa para pessoas sem abrigo de Braga

Cruz Vermelha quer casa para pessoas sem abrigo de Braga

Pub

 

 

‘Uma casa para as pessoas em situação de sem abrigo’ é a vontade que a delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa volta a concretizar e quer levar a bom porto. Para esse efeito, lançou há dias a 3ª edição desta campanha de consciencialização da comunidade para a problemática das pessoas em situação de sem abrigo, mas que é também uma campanha de angariação de fundos destinados à intervenção social de forma a minimizar a situação de algumas destas pessoas.

2,00 euros é o valor de comparticipação para estender uma mão a pessoas que atravessam as maiores dificuldades entre todos os mais vulneráveis, frequentemente também com problemas de saúde associados – os sem abrigo. Para o fazer, basta comprar uma das habituais casinhas em madeira, que custam esse valor e se encontram à venda na sede da delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa, em parceiros comerciais e na maioria das escolas da cidade.

Num momento em que o frio se faz sentir de forma mais agressiva, atendendo às baixas temperaturas de um inverno que apesar de tardio insite em ser rigoroso, a instituição de solidariedade tem desenvolvido algumas respostas de alojamento, de modo a promover a dignidade e a qualidade de vida de pessoas sem casa e cuja única opção de habitação é a rua.

Junto da população em situação sem-abrigo o núcleo de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa oferece 3 tipos de resposta: um Centro de Acolhimento temporário (CAT), onde foram acolhidas 150 pessoas; 3 Apartamentos Partilhados, onde vivem 15 pessoas e 3 casas Housing First, em regime de habitação individual, onde vivem atualmente 5 pessoas.

O objectivo da campanha de 2023 passa por promover o modelo Housing First, considerada atualmente a mais desejável entre as melhores práticas internacionais.

Para lá de diversas iniciativas junto da comunidades escolar, a iniciativa abrange também sessões informativas junto das pessoas em situação de sem-abrigo ou com maior risco de o virem a ser, como é o caso dos toxicodependentes.

pessoas - campanha - casa - habitação - sem abrigo - cruz vermelho portuguesa - solidariedade - instituição -

Cruz Vermelha de Braga recebe Prémio BPI ‘la Caixa’ Solidário

1º Direito arranca em Famalicão com compra de 79 imóveis

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Imagem: Daniela Rocha / CVP

Caminhar pela Arte e Património da cidade e descobrir Braga

Braga distribui livros pelas bibliotecas das freguesias

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.