‘Gosto de beijar as palavras. / Gosto de lhes sentir a pulsação / a bater no meu âmago, / de sentir novos ritmos a nascer /do ventre delas’

Não gosto de poemas

Não gosto de poemas

Pub

 

 

Não gosto de poemas, porque me fazem espirrar.
Eles fazem-me cuspir sangue que não é meu,
recitar orações subordinadas pouco valiosas,
dançar uma valsa com um destino que
não é meu nem do meu coração.

Gosto de palavras.
Elas falam, elas gritam.
Elas fazem rir e chorar como ninguém.
Elas fazem de nós humanos,
fazem-nos ser atores de uma sátira
onde Deuses riem e os infernos choram.

Gosto de beijar as palavras.
Gosto de lhes sentir a pulsação
a bater no meu âmago,
de sentir novos ritmos a nascer
do ventre delas. As palavras são
parideiras de ritmos e o poema
não é mais que um hospital
arbitrário onde nascem poemas e poetas
a cada segundo.

A vida é puta: ou a poesia face à iminência da morte

Obs: publicação original em Sarcasmos Irónicos.

Imagem: Benjamin Haydon

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Cultura, Literatura, Poesia

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.