Resiliência, determinação e solidariedade na prevenção e combate à pandemia marcam respostas sociais e serviços da associação

Engenho preparada para enfrentar 2021 e continuar a apoiar comunidade

Engenho preparada para enfrentar 2021 e continuar a apoiar comunidade

Pub

 

 

Um ano depois, a Engenho – Associação e Desenvolvimento Local do Vale do Este, de Vila Nova de Famalicão, volta a apresentar o  Plano de Atividades e Orçamento (PAO), agora para o ano de 2021.  O documento foi elaborado na expectativa de que a atual crise sanitária, económica e social seja ultrapassada o mais rapidamente possível.

Espera-se também que esta estranha forma de viver e de sentir e que haja coragem e determinação para se voltar a ter uma vida normal, dentro do possível, conforme referiu a direção da instituição em nota de imprensa. “Mais do que nunca temos de ser resilientes, determinados e solidários na prevenção e no combate desta crise que nos assola, fazendo tudo o que estiver ao nosso alcance para assegurar o funcionamento da Engenho, com todas as suas respostas sociais e serviços”, afirmou Manuel Augusto de Araújo, presidente da direção.

“A prática de responsabilidade individual e coletiva tendo em vista a prevenção e a segurança dos colaboradores, utentes, familiares e comunidade no combate da pandemia, com um olhar atento às pessoas e grupos mais vulneráveis”, insiste o responsável associativo.

Investimentos favorecem comunidade

No decorrer do próximo ano a ENGENHO irá colocar em funcionamento, dentro das condições possíveis, a Brigada Móvel de Apoio Geriátrico, na sequência da aprovação da candidatura deste projeto pelo Prémio BPI  “la Caixa” Seniores 2020.

Por outro lado dará início às obras de requalificação do Centro de Apoio Comunitário, na resposta social Centro de Dia e espaços conexos, caso seja aprovada a candidatura apresentada ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais –  Pares 3.0  –  e continuará  a coordenar e a executar o CLDS 4G – Contrato Local de Desenvolvimento Social/Comunidades Incubadora, na qualidade de entidade coordenadora local da parceria.

2/3 dos encargos da associação referem-se a salários

No que se refere ao orçamento preveem-se rendimentos de 2.034.659,32 euros e gastos no montante de 2.033.571,71 euros, com um resultado previsional de 1.087,61. É de referir que, caso necessário e por força das circunstâncias, poder-se-á recorrer durante o ano a um orçamento retificativo. Acresce que 65% dos gastos são para fazer face aos encargos salariais dos quase 90 colaboradores da Engenho.

Comparticipações do Estado aquém do necessário

Mais do que nunca, e segundo a Direção da Engenho, impõe-se um aumento significativo nos valores contratualizados com o Governo no próximo Compromisso de Cooperação, dado o valor das comparticipações por parte do Governo, acrescido das comparticipações dos utentes, cada vez mais empobrecidos, ficarem aquém dos valores dos custos reais das várias respostas sociais e serviços, situação que, infelizmente, agravar-se-á.

O PAO 21 será apreciado em sede de Assembleia Geral quando as condições epidemiológicas o permitirem.

Livros | ‘Pandemia e Aprisionamento’ de Armindo Padrão Abreu: diário de um padre em tempos de confinamento

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Obs: envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

*

Bandeira Verde para 48 escolas de Vila Nova de Famalicão

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.