Tag "Pedro Araújo Napoleão"

Voltar à homepage
Cultura

Raias Poéticas, 7ª ed -2018 | As Sensações e as Emoções na Arquitectura, de Pedro Araújo Napoleão – Prefácio

  Em qualquer caso, Hípias, há uma vantagem que me parece ter retirado da minha conversa convosco: a de compreender melhor aquele provérbio que diz que «o belo é difícil»

Cultura

Entrevista | Pedro Araújo Napoleão: “As Sensações e as Emoções na Arquitectura” ambiciona aproximar a Arquitetura das pessoas

  Os eventos literários não costumam primar pela presença de outros que não escritores – poetas, romancistas, ensaístas… – exceto entre a diversidade do público presente. Em geral, são apenas

Agenda

Raias Poéticas, 7ª ed – 2018 | As Sensações e as Emoções na Arquitectura, de Pedro Araújo Napoleão. Lançamento do livro será efetuado na sessão de abertura das Raias 2018

O arquiteto famalicense Pedro Araújo Napoleão irá fazer as honras de abertura da edição 2018 das Raias Poéticas. Nessa altura, o seu livro «As Sensações e as Emoções na Arquitectura»,

Agenda Cultura

Poesia | Raias Poéticas: Afluentes Ibero-Afro-Americanos de Arte e Pensamento. ***************************************** Haja Raias!… Mergulhar na IMPERCEPTIBILIDADE

ESCRITORES, ACADÉMICOS, PROFESSORES, ARQUITECTOS, POETAS, ARTISTAS CONVIDADOS: María Ángeles Pérez Lopez( Poeta, ensaísta, professora Univ.Salamanca; José António Franco Taboada( artista plástico, professor catedrático Univ.Corunha); Montserrat Villar Gonzalez( poeta, ensaísta, Espanha);

Sociedade

Edificar | Arquitectura e/ou Engenharia!?

Em Julho de 2006, a propósito de uma reflexão para uma revista da especialidade sobre “O estado da nossa Arquitectura – Pela Revogação do Dec. Lei 73/73”, escrevia: “Na minha

Arte Destaque

Viver | Viagem Sensorial e Emocional pela Arquitectura de Braga

Através de um olhar histórico, Pedro Araújo Napoleão conduz-nos numa viagem através da cidade de Braga construída pelos homens que a habitaram ao longo dos tempos, desde a fixação dos

Arquitectura Arte Crónica Sociedade

O papel do Arquitecto

    O Arquitecto (…) utiliza os seus recursos e a sua experiência e sensibilidade próprias em benefício de uma determinada pessoa ou colectivo. (…) Deverá (ainda) ter sempre presente