Crescimento elevado e baixa inflação, quando comparado com resto da Europa, são considerados ‘um bom sinal’

Portugal cresce acima da Zona Euro no 1º trimestre de 2022

Portugal cresce acima da Zona Euro no 1º trimestre de 2022

Pub

 

 

Portugal registou o maior crescimento económico – 11,9% – de toda a Zona Euro, em termos homólogos, no primeiro trimestre de 2022, revelam os dados de estimativa rápida divulgados esta segunda-feira pelo Eurostat, o serviço estatístico da União Europeia (UE), o que compara muito favoravelmente com a média da zona euro, que se encontra apenas em 5,1%.

Num momento em que a crise económica se acentua nas famílias de menores rendimentos devido à subida da inflação, que se deverá situar em 4,4% no final do ano contra 6,1%da Zona Euro, esta ‘notícia melhorzinha‘ poderá trazer algum alento e tranquilidade aos portugueses em geral, pois deverá significar que os números do desemprego se deverão manter em baixa.

Em 2022, a economia portuguesa é a que mais cresce, na prática ‘mais do dobro’ da média dos 27, e também a que regista – e deverá continuar a registar – a inflação mais baixa. Em termos homólogos, as previsões macroeconómicas da primavera assinalam também que o segundo maior crescimento da Zona Euro ocorreu na Áustria, com 8,7%, e o terceiro na Hungria com 8%.

Relativamente ao trimestre anterior, a economia portuguesa apresenta o segundo maior crescimento, em cerca de 2,6%, apenas suplantado pela Roménia.

Costa e Gentiloni satisfeitos com números de Portugal

António Costa, o primeiro-ministro de Portugal, assumiu tratar-se de ‘um bom sinal‘, uma vez que, considera, vem demonstrar que a economia portuguesa está a ‘crescer de forma sustentada’ e a empurrar o desemprego para baixo.

Paolo Gentiloni, comissário europeu da Economia, atribuiu, por seu turno, este nível de crescimento à retoma mais lenta que o país registou em 2021, em comparação com outros países da União Europeia, mas também à forte recuperação do turismo internacional.

Dívida de Portugal deverá manter trajeto descendente

Ainda de acordo com as previsões macroeconómicas da Comissão Europeia (CE), o rácio da dívida pública em relação ao PIB ‘desceu para 127% em 2021’, com todos os indicadores a apontarem para uma trajetória de descida constante ao longo dos próximos dois anos, devendo ficar em ‘119,9% do PIB em 2022 e 115,3% em 2023’, abaixo do nível pré-pandemia.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista com sede em vila nova de famalicão

O seu diário digital VILA NOVA Online é gratuito para os leitores e sempre será.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91; BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados. Receberá, na volta do correio, o recibo para efeitos fiscais ou outros.

Publicidade (promoções e tabelas em vigor ):

Basta enviar-nos o comprovativo da sua compra e o conteúdo a publicar.

Envie-nos os seus dados. Receberá, na volta do correio, o recibo para efeitos fiscais ou outros.

Contacte-nos para situações especiais.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

Huawei Mate X2, um dos ‘smartphones’ mais atraentes do mercado

Vinho Encruzado do Dão considerado o melhor vinho do ano

 

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Economia, Portugal

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.