‘Torna-se imperioso que se desenvolvam em Famalicão projetos que promovam uma efetiva economia circular no que diz respeito aos resíduos’

Abrir a porta da sustentabilidade

Abrir a porta da sustentabilidade

Pub

 

 

Um dos fatores que mais contribui para a emissão de gases com efeito estufa são os resíduos. É inegável, por isso, que a adoção da política dos 5 R – reduzir, reutilizar, recusar, compostar e reciclar – no nosso quotidiano se torna essencial como forma de garantir uma maior sustentabilidade ambiental.

É imperioso separar resíduos compostáveis

No município de Vila Nova de Famalicão, de acordo com a base de dados PORDATA assistiu-se a um aumento sucessivo da produção e encaminhamento de resíduos para aterro de 8%, entre 2016 e 2019, passando de uma produção de 48.832 t para uma produção de 53.631v t, sendo que aproximadamente 50% dos mesmos foram encaminhados diretamente para aterro. Por outro lado, foi verificado um aumento de 10% da produção de resíduos indiferenciados por habitante no mesmo período – de 368 kg/ano para 407,2 kg/ano. Este aumento seria facilmente evitado através do encaminhamento de resíduos biodegradáveis para compostagem, atendendo que estes constituem aproximadamente 40% do total de resíduos produzidos.

Falta sensibilização das populações

Estes valores estão diretamente associados a uma falta de políticas de sensibilização e informação específica sobre esta problemática, faltando, paralelamente, ações de formação junto da população para a adoção de técnicas alternativas de tratamento de resíduos orgânicos e implementação por parte do município de soluções mais eficazes para que as metas propostas pela União Europeia sejam cumpridas.

Promover efetiva economia circular

Assim, torna-se imperioso que se desenvolvam no município projetos que promovam uma efetiva economia circular no que diz respeito aos resíduos, que se incentivem parcerias no tecido empresarial e que se apostem em ações junto da comunidade escolar por forma a que em conjunto se caminhe para um concelho mais sustentável.

O bom exemplo da Aldeia Circular de Seide

Um bom exemplo do caminho que importa fazer no caso da compostagem foi o caso de uma parceria com a Aldeia Circular de Seide, onde num espaço paralelo à Casa de Camilo se criaram as condições essenciais para iniciar as respostas que importam dar em matéria de tratamento de resíduos orgânicos. À semelhança de tantas outras ações, a inauguração contou com as altas figuras do nosso concelho, e palavras de reconhecimento pela mais-valia que são este tipo de projetos.

A garantia do amanhã começa hoje

Não tenho dúvidas que são mesmo! O que me deixa com muitas dúvidas é sobre os porquês de tão curta duração do mesmo. A porta da compostagem fechou-se e a sensibilização e educação para a sustentabilidade teve um curto trajeto.

A garantia do amanhã começa hoje e não tenhamos dúvidas que cada um e cada uma de nós tem nas suas mãos a chave para abrir as portas que precisam ser abertas para abrir a porta da sustentabilidade.

O café da manhã

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - viver o ave - prémios guarda-rios - geota - sustentabilidade ambiental

Imagem: AFeTRa

VILA NOVA Online: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedro costa@vilanovaonline.pt

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

‘Pomme d’amour’

Pub

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.