Ao longo de 3 dias, conversas, visitas a exposições e workshops celebram a criatividade

‘A Arte e a Mente’ dá vida ao Dia Internacional dos Museus na Fundação Cupertino de Miranda

‘A Arte e a Mente’ dá vida ao Dia Internacional dos Museus na Fundação Cupertino de Miranda

Pub

 

 

A programação da Fundação Cupertino de Miranda (FCM) para o Dia Internacional dos Museus de 2021 tem como tema ‘A Arte e a Mente’ e irá decorrer entre 15 e 18 de maio. Por esses dias, a Fundação Cupertino de Miranda (FCM) oferece uma programação diversa com atividades online e presenciais – conversas com convidados, workshops e visitas presenciais ao novo Espaço Mário Cesariny. Ao longo dos dias serão abordados temas relacionados com a “Arte” e a “Mente”, como os sonhos, a memória, as emoções e a criatividade.

SONHOS, com Sandra Gonçalves (psicóloga)

15 de maio, sábado, 14h30-15h30
Conversa “À volta do sonho” com psicóloga Sandra Gonçalves

Para que o ser humano se possa transformar a si mesmo e ao mundo necessita de aceder e interagir com a matéria plástica dos mundos subjetivos, através do símbolo e da imaginação. Sandra Gonçalves, psicóloga e investigadora, irá relacionar a psicologia com o surrealismo, movimento artístico e literário que explorou o inconsciente e os sonhos.Destinatários: público em geral, na plataforma Zoom. Inscrição gratuita, mas com marcação obrigatória até 14 de maio, através de contacto email: comunicacao@fcm.org.pt.

15 de maio, sábado, 17h00-19h00
Workshop “O símbolo vivo: introdução à exploração vivencial dos símbolos no sonho e na arte”

Serão exploradas formas de aceder aos significados, individuais e partilhados, dos símbolos através da construção de árvores de associações. Aprenderemos a abordar o sonho a partir do seu interior e a utilizar o seu registo para potenciar o seu entendimento. Terminaremos com uma viagem onírica construída e vivida em conjunto.Destinatários: público em geral, na plataforma Zoom. Inscrição gratuita, mas com marcação obrigatória até 14 de maio, através de contacto email: comunicacao@fcm.org.pt.


MEMÓRIA, com Rafaela Ganga (socióloga)

16 de maio, domingo, 17h00-18h00
Conversa “Museu & Memória”

O museu é uma casa repleta de objetos que contam histórias. Sabemos hoje que os objetos estimulam a memória e têm um papel central na promoção da saúde mental. Tendo esta premissa em mente, como podemos esbater as barreiras entre o pessoal e institucionalizado e potenciar o valor cultural e instrumental do nosso património individual?Destinatários: público em geral, na plataforma Zoom. Inscrição gratuita, mas com marcação obrigatória até 14 de maio, através de contacto email: comunicacao@fcm.org.pt.


EMOÇÕES, com Cátia Guimarães e Rita Nunes da Ponte (arte-psicoterapeutas)

17 de maio, segunda-feira, 17h00-18h30
Conversa “A importância da arte na saúde mental”

As terapeutas e formadoras da Sociedade Portuguesa de Arte-Terapia (SPAT) defendem que a arte é essencial não só para o desenvolvimento criativo do ser humano, mas também para a sua saúde mental.

No contexto atual de pandemia tornou-se fundamental gerir as emoções e, a arte pode ser uma via terapêutica para as abordar. Os meios artísticos favorecem uma linguagem simbólica, em que a criação ao serviço da imaginação auxilia a origem de novos significados à vivência pessoal.

Destinatários: público em geral, na plataforma Zoom. Inscrição gratuita, mas com marcação obrigatória até 15 de maio, através de contacto email: comunicacao@fcm.org.pt.


CRIATIVIDADE, de Mário Cesariny

18 de maio, terça-feira, 1oh00 
Abertura da exposição permanente “Espaço Mário Cesariny”

Mário Cesariny foi poeta, pintor, tradutor, considerado um dos grandes mestres do surrealismo português.

A Fundação Cupertino de Miranda detém parte significativa do acervo do artista.

Com esta exposição não se pretende uma representação fiel da casa de Mário Cesariny, mas permitir imaginar a convivência destes objetos e obras no espaço do artista. Podemos observar pedras da calçada lado a lado com obras de nomes relevantes da cultura, como é o caso de Vieira da Silva.

Destinatários: público em geral.

Estreia online do documentário em vídeo “Da casa de Cesariny às nossas casas”

“Da casa de Cesariny às nossas casas” surge para promover o “Espaço Mário Cesariny”. Exibe testemunhos sobre o significado de casa e possíveis alterações que possam ter surgido no decorrer da pandemia COVID-19.

Para Mário Cesariny, a casa era o seu espaço de refúgio, vivência e de trabalho, como passou a ser para muitas pessoas atualmente.Destinatários: público em geral (redes sociais da FCM).

Visitas orientadas à exposição permanente “Espaço Mário Cesariny”

Horários: 10h00 – 11h00 – 14h30 – 16h00

Destinatários: público em geral. No piso 2 da FCM.

Duração: 20 minutos, aproximadamente. Inscrição gratuita, mas com marcação obrigatória até 16 de maio, através de contacto email: comunicacao@fcm.org.pt.


CRIATIVIDADE, com Patrícia Correia (neurocientista)

18 de maio, terça-feira, 17h00-18h00
Conversa “A criatividade e o cérebro”, com a neurocientista Patrícia Correia

O cérebro tem a capacidade incrível de se adaptar e criar soluções para ultrapassar adversidades quotidianas.

Patrícia Correia, neurocientista do Centro Champalimaud e coautora d’ “O Livro do Cérebro” com Ana Rita Fonseca, também neurocientista e investigadora, pretende explorar o que acontece no cérebro quando somos criativos e contrariar a ideia de que a criatividade é só reservada a alguns e a algumas partes do cérebro.

Destinatários: público em geral, na plataforma Zoom. Inscrição gratuita, mas com marcação obrigatória até 16 de maio, através de contacto email: comunicacao@fcm.org.pt.

Famalicão debate museus e sustentabilidade no Dia Internacional dos Museus

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Museologia | Museus de Famalicão distinguidos pela APOM

Imagens: FCM

**

VILA NOVA: conte connosco, nós contamos consigo.

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91 — BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

Categorias: Agenda, Arte, Famalicão, Memória

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.