Comunidade envolvida nos trabalhos artísticos a realizar

Peregrinar | ‘Arte no Caminho’ homenageia peregrinos em Esposende

Peregrinar | ‘Arte no Caminho’ homenageia peregrinos em Esposende

Pub

 

 

Esposende prepara ‘Arte no Caminho’.


 

 

‘Arte no Caminho’ atravessará o território do concelho de Esposende, homenageando os peregrinos que percorrem o Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela. O Caminho ficará, por isso, bem mais atraente; ou, pelo menos, assim se espera.

Este projeto pretende homenagear, de uma forma criativa, todos aqueles que percorrem o trilho Caminho Português da Costa – Santiago de Compostela. Com uma temática direcionada para as peregrinações, os projetos artísticos estarão expostos ao ar livre, por toda a cidade, e em locais devidamente identificados. Desde pinturas a gravuras, o projeto é marcado pela diversidade artística, tendo sempre presente a cocriação.

Envolvimento da comunidade nos trabalhos artísticos a realizar

Em algumas destas criações, a comunidade está e será convidada a participar deixando, desta forma, a sua marca individual, assim sendo parte ativa do projeto. Desde já, na calha encontram-se, por exemplo, uma escultura em granito de “São Tiago” da autoria de Cláudio Alves, ou ainda o “Caminhante” – uma peça concebida em aço corten, da autoria do escultor Jorge Braga.

Este projeto contará com outras parcerias, como a da Via Veteris, uma associação jacobeia local que se dedica à temática dos Caminhos de Santiago e muito tem contribuído para a promoção deste itinerário de peregrinação.

Homenagear o peregrino

Embora as peregrinações a Santiago se encontrem em grande queda, devido à pandemia de COVID-19, a cidade e o concelho lançaram esta iniciativa por ocasião do Dia Nacional do Peregrino, em outubro passado, com o intuito de homenagear o peregrino pelo seu papel na construção da sociedade portuguesa.

Em Portugal, existe uma forte tradição na realização de peregrinações cristãs direcionadas para os mais variados locais de culto, o ato de peregrinar abrange já uma amplitude que vai muito para além da condição de crente de quem o pratica, abrangendo uma dimensão social, cultural e económica que se deve também valorizar.

Mobilidade | Esposende recupera Ponte do Sebastião

Glória | ‘Dinheiro, Fé e Trabalho’, o Esplendor de Portugal

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Arte, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.