Paulo Cunha: [Eco-município pelo quarto ano consecutivo é motivo de] orgulho, mas também responsabilidade

Sustentabilidade | Vila Nova de Famalicão Concelho ECOXXI

Sustentabilidade | Vila Nova de Famalicão Concelho ECOXXI

Pub

 

 

Famalicão foi distinguido, esta quarta-feira, com o galardão Bandeira Verde ECOXXI, atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa. Reconhecer as melhores práticas de sustentabilidade ao nível municipal, através da avaliação, por um conjunto de peritos, de 21 indicadores e 71 subindicadores nas áreas ambiental, social e económica é o objetivo deste prémio.

Este ano, o ECOXXI incluiu, pela primeira vez, indicadores específicos no âmbito das alterações climáticas e saúde e bem-estar. Foram ainda considerados outros temas como: Educação para a Sustentabilidade; Cidadania, Participação e Governança; Transparência, Digitalização e Conectividade: Emprego; Cooperação com a Sociedade Civil; Certificação de Sistemas de Gestão; Ordenamento do Território; Conservação da Natureza ; Gestão e Conservação da Floresta; Qualidade do Ar e Ambiente Sonoro; Água Segura e Qualidade dos Serviços de Águas Prestados aos Utilizadores; Produção e Recolha Seletiva de Resíduos Urbanos; Valorização do Papel da Energia na Gestão Municipal; Mobilidade Sustentável; Agricultura e Desenvolvimento Rural Sustentável; Turismo Sustentável.

Orgulho e responsabilidade

Para o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, eco-município pelo quarto ano consecutivo, “a atribuição deste galardão representa um reconhecimento público a Vila Nova de Famalicão pelo trabalho desenvolvido em prol de um ambiente saudável”. “É um orgulho, mas é também uma responsabilidade que nos motiva para continuarmos a trabalhar em prol de um território mais amigo do ambiente, mais verde e com mais qualidade de vida para todos, principalmente para as gerações vindouras”.

25.000 árvores para Famalicão

Um das iniciativas municipais transversal aos vários indicadores é a plantação de 25 mil árvores até 2025. Trata-se de um projeto que envolve toda a sociedade, em ações de sensibilização e participação cívica, para a promoção da floresta autóctone. Neste momento, já foram plantadas quase 21.500 árvores no âmbito deste projeto.

Vizinhança ECOXXI

Refira-se que em 2020 foram apresentadas 62 candidaturas provenientes de todas as regiões do país, sendo 14 delas de novos municípios, face ao ano passado, na rede ECOXXI. Na região Minho, outros municípios que também receberam este galardão foram Braga, Santo Tirso e Trofa. Por outro lado, Guimarães, considerado o município mais sustentável em 2017 e 2018, não se candidatou em 2020.

 

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.