Tiago Simães

Talento Made in Guimarães | Manuel de Oliveira

Talento Made in Guimarães | Manuel de Oliveira

Pub

 

 

A pessoa

Conheço o Manel há muitos, muitos anos e tive já o prazer de o acompanhar várias vezes (uma delas com os Muxima, quinze dias em Macau, uma viagem de recordações épicas!

É uma pessoa ponderada, calma mas sempre a ferver de ideias. Além de ser um músico incrível – e em grande parte autodidacta – está sempre em busca de novas formas de se exprimir na sua arte, e de cada vez que cria um projecto reinventa-se, enquanto pessoa e enquanto artista.

Empreendedor e organizado, gosta de desafios e é muito exigente com a qualidade daquilo que faz, tanto como produtor, agente cultural, músico, compositor e pessoa ligada ao mundo da música em geral. Preza muito a sua privacidade e gosta de falar pouco – mas geralmente na altura certa.

O trabalho e a criação

Vimaranense e Nicolino de gema, o Manuel de Oliveira começou a dar os primeiros toques na guitarra através do pai (todos se recordam do Sr. Aprígio Oliveira, certamente) e, enquanto vimaranenses, é certa a emoção e nostalgia que temas como “Praça de Santiago” e outros momentos de alma musical continuam a provocar em todos nós.

Um músico talentoso, emocionante e curioso, disposto a abraçar novos desafios. Compôs já música para cinema (“Caminhos Magnétikos”, de Edgar Pêra) e entrega às suas composições os reflexos de uma alma ibérica que lhe corre nas veias, sem contudo perder o respeito pelas suas origens e tradições.

Com um vasto percurso internacional, do seu currículo enquanto autor destaca-se o primeiro álbum “Ibéria”, a edição internacional do álbum “Amarte” e a presença em alguns dos mais importantes festivais europeus – “Emociona Jazz!!” (Espanha) e “Couleurs Jazz” (França), ao lado de nomes como Brad Mehldau, Chick Corea, Mike Stern e Richard Galliano, entre muitos outros.

Manuel de Oliveira concebeu “Os Nossos Afetos”, espetáculo da cerimónia de abertura da Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, com Cristina Branco, Chico César e Rão Kyao. O album “Ibéria Live” tem a participação de conceituados músicos fundadores do Flamenco Jazz – Jorge Pardo e Carles Benavent, tendo esgotado o CCB e a Casa da Música em 2016.

Recentemente, Manuel de Oliveira apresentou [ENTRE], novo trabalho em digressão nacional da qual resulta o novo disco.

O Manuel é também desde há algum tempo director artístico do Santa Luzia Art Hotel, tendo vindo a fazer um trabalho muito interessante de “culturização” do espaço, com convidados e concertos de grande qualidade. Como produtor e como músico é grande a sua experiência, tendo trabalhado e elaborado projectos comuns com alguns dos maiores artistas nacionais e internacionais.

#talentomadeinguimaraes  #manueldeoliveira

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

 

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.