Município prepara regresso à vida social com apoio das Juntas de Freguesia e empresas

Saúde | ‘Proteger Famalicão’ vai equipar comunidade com máscaras, luvas e viseiras

Saúde | ‘Proteger Famalicão’ vai equipar comunidade com máscaras, luvas e viseiras

Pub

 

 

Reforço da desinfeção dos espaços públicos de todo o concelho, distribuição de viseiras por todos os cidadãos que no exercício da sua atividade tenham contacto com o público, oferta de um par de luvas descartáveis e distribuição de máscaras comunitárias por toda a população, assim que validadas a certificação pelo CITEVE – Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário.

Município de Famalicão vai avançar com o projeto Proteger Famalicão que visa preparar a comunidade para a gradual abertura do espaço público e da vida social depois do período de confinamento apertado decretado pela Estado de Emergência na sequência da pandemia de Covid-19.

 O material e equipamento de proteção comunitária a distribuir é todo ele conseguido no seio da própria comunidade, através da mobilização de empresas e empresários famalicenses que pretendem ajudar Vila Nova de Famalicão a voltar à normalidade com segurança.

A RACLAC, empresa famalicense especializada no fabrico e comercialização de produtos descartáveis para a área da saúde, indústria e estética, oferece desde logo todas as luvas e viseiras. Cerca de 40 por cento das máscaras serão oferecidas pelas empresas envolvidas no projeto e os restantes 60% serão adquiridos pela autarquia ao preço de custo.

A oferta das máscaras à população só será realizada depois de garantida a certificação por parte do CITEVE e será realizada com a ajuda das juntas de freguesia do concelho com todas as condições de segurança e de higienização.

A intervenção das autarquias mais próximas dos cidadãos acontece em fase importante do processo, uma vez que o momento da entrega dos equipamentos será uma oportunidade para que estas passem aos cidadãos mensagens de sensibilização sobre comportamentos a ter nesta nova fase de luta contra a pandemia. Em particular, serão tidos em conta os cuidados a observar na utilização e manuseamento do material distribuído.

As desinfeções dos espaços públicos serão realizadas pelas próprias juntas de freguesia que receberão da parte da Câmara Municipal o apoio necessário, tanto ao nível material, como logístico.

“É um grande movimento solidário da comunidade famalicense para o bem-estar e proteção de todos. Desde a primeira hora do problema que foram aparecendo muitas respostas de vários setores da sociedade para ajudar a proteger Famalicão e os famalicenses. Esta fase difícil por que passamos não esgotou a veia solidária dos famalicenses que se mostram disponíveis para continuar a ajudar, mesmo estando eles próprios a passar por dificuldades, como acontece com muitas empresas”, refere o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, deixando uma palavra de particular apreço aos Presidentes de Junta de Freguesia, que “têm sido inexcedíveis no apoio às suas populações, principalmente daquelas que mais têm precisado”.

Fonte e Imagens: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categories: Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.