Universidade de Coimbra estuda gás radão em Portugal

Universidade de Coimbra estuda gás radão em Portugal

Pub

 

 

Uma equipa de investigadores do Laboratório de Radioatividade Natural (LRN) da Universidade de Coimbra (UC) vai realizar um estudo sobre o gás radão, tendo em vista a elaboração de um mapa nacional de risco que permita estabelecer um plano de medidas de proteção da saúde das populações. A elaboração do Plano Nacional do Radão é uma obrigação legal da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e está previsto no âmbito do Decreto-Lei n.º108/2018, de 3 de dezembro.

Para realizar este estudo, solicitado pela APA, a equipa, liderada por Alcides Pereira, docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e diretor do Laboratório de Radiatividade Natural, pede a colaboração de voluntários que queiram instalar pequenos detetores de radão nas suas habitações durante um período de três meses.

Os cidadãos que pretendam participar na investigação podem obter o dispositivo, sem qualquer custo associado, enviando o pedido para radao@uc.pt. Na página Web da APA apambiente.pt/radao_campanha encontram toda a informação sobre o projeto.

Este trabalho, explica Alcides Pereira, visa dar resposta «à transposição para a legislação nacional de uma diretiva comunitária sobre radioatividade natural. Pretende-se simplesmente obter um mapa geral do país que permita assinalar as zonas mais problemáticas no que respeita à exposição do ser humano ao gás radão».

Com base nesse mapa, que deverá estar concluído no verão deste ano, será possível «estabelecer um conjunto de medidas capazes de mitigar o problema e proteger a saúde das populações. Naturalmente, iremos encontrar zonas do país com valores muito diferentes, porque o país é geologicamente muito diferenciado», esclarece o catedrático da FCTUC.

Alcides Pereira nota que, atualmente, «não temos dados coligidos e sistematizados que nos mostre a situação geral do país. Existem estudos pontuais, informação parcial».

Dependendo do nível de exposição, o gás radão pode ser um problema para a saúde humana. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o radão é a segunda causa de cancro do pulmão, a seguir ao tabaco.

O Laboratório de Radioatividade Natural da FCTUC, sediado no Departamento de Ciências da Terra da FCTUC, é um laboratório com acreditação internacional para avaliar todos os parâmetros radiológicos que permitem responder à globalidade das exigências impostas pela União Europeia.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - jornal diário digital generalista - solidariedade social - voluntariado - dar-as-mãos - reffod - famalicão - mário passos - chma - raquel varela - escola - escola pública - docência - docentes - professores - escolas privadas - retrocesso social - reformas - classe social - liberdade - amor - gays - lésbicas - direito à diferença

Imagem: UC

Pub

Categorias: Ciência, Coimbra, Saúde

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.