Keith Horsfall dirige Coro Famalicão Comunitário em Dia de Reis

Música | Megacoro de quase 500 pessoas no último concerto do “Comunidades (en)Coro” famalicense

Música | Megacoro de quase 500 pessoas no último concerto do “Comunidades (en)Coro” famalicense

Pub

 

 

Perto de meio milhar de pessoas constituem o enorme coro comunitário que este domingo, dia 5 de janeiro, vai protagonizar o concerto de encerramento da iniciativa “Comunidades (en)Coro”, promovida pela Câmara Municipal de Famalicão, no âmbito do programa Famalicão Comunitário, durante a época natalícia.

O concerto, que terá lugar no Mercado de Natal, localizado na Praça D. Maria II, a partir das 16h30, vai juntar em palco todos os participantes dos dez coros representativos de cada uma das Comissões Sociais Inter-Freguesias do concelho, que ao longo do mês de dezembro abrilhantaram a iniciativa.

A atuação deste domingo do “Coro Famalicão Comunitário” será conduzida pelo maestro Keith Horsfall, músico e professor envolvido na educação artística há mais de 30 anos. Com uma vasta experiência como coordenador de um serviço regional de música, em Dudley, Inglaterra, e como dirigente de uma equipa de artes da comunidade e de um centro de artes regional, Keith Horsfall é o atual presidente do Conselho de Artes de Dudley e também de uma estação de rádio comunitária.

Recorde-se que a iniciativa arrancou no dia 1 de dezembro, com concertos todos os domingos, pelas 16h00 e pelas 17h00.

Os coros, que foram orientados por pessoas do próprio território, são constituídos por pessoas das diversas freguesias que foram desafiadas a cantar através do programa Famalicão Comunitário promovido pela Câmara Municipal de Famalicão.

Fonte e Imagens: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.