Miguel Matos

PSD | Montenegro é pouco

PSD | Montenegro é pouco

Pub

 

 

Desde as últimas eleições legislativas, tenho vindo a auscultar e a participar em tertúlias muito profícuas com pessoas dos mais diversos quadrantes políticos e diferentes “sensibilidades” social-democratas, de diferentes setores da sociedade, desde o meu próprio, que é o estudo das ciências económicas, da gestão de negócios e instituições sem fins lucrativos, até às áreas da educação e da cultura, passando pelas da comunicação social e novas tecnologias da informação e comunicação, engenharias diversas, inovação, ambiente, das mais diversas origens e condições sócio-económicas.

Sou levado por isso a concluir que o candidato à liderança do PSD Luís Montenegro, apesar do tom agressivo, impetuoso e extremamente ambicioso com que tem vindo a pautar a sua campanha pela liderança nacional do nosso partido, o PSD, apenas consegue definir-se, e ao seu programa eleitoral até hoje conhecido, como pessoa e personalidade oposta à de Rui Rio. Porque, de facto, a cada dia que passa, torna-se mais evidente que Luís Montenegro não consegue afirmar o que é. Concluo, por isso, que Luís Montenegro só pode ser mesmo pouco, muito pouco.

Portugal merece mais, muito mais. Portugal merece Rui Rio, e, por isso, a maioria dos militantes do PSD tem mesmo de o confirmar como líder do partido, reelegendo-o como líder nacional nas próximas eleições diretas agendadas para o mês de janeiro.

 

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Crónica, Política

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.