3 a 8/12 Braga

Cinema | Casa dos Crivos acolhe em Braga ‘O Dia Mais Curto’

Cinema | Casa dos Crivos acolhe em Braga ‘O Dia Mais Curto’

 

 

 

Pelo terceiro ano consecutivo, o Cineclube Aurélio da Paz dos Reis e o Município de Braga promovem as sessões de ‘O Dia Mais Curto‘ na sala mais curta de Braga. As sessões acontecem entre 3 e 8 de Dezembro na Casa dos Crivos.

 

 

As sessões “Amiguinhos”, para maiores de 4 anos, e “Curtinhas”, para maiores de 6, apresentam pequenas histórias oriundas de vários países dirigidas ao público mais novo e acontecem às 10h30 dos dias 3 e 4 de dezembro.

Para a noite de 5 de Dezembro, às 21h30, está agendada a sessão “Novas Curtas Portuguesas”, em que serão projetadas um conjunto de curtas-metragens nacionais que têm vindo a ser reconhecidas pela sua qualidade em festivais de cinema de todo o mundo, revelando novos e talentosos cineastas. Como acontece todos os anos, a programação d’ O Dia Mais Curto é mais uma oportunidade de conhecer alguns desses novos autores e as histórias que têm para nos contar.

No dia 6 de Dezembro, por sua vez, também às 21h30, haverá o “Curtas do Mundo”, uma sessão de curtas internacionais que apresenta várias visões do mundo nos dias de hoje.

No sábado, dia 8, as sessões ‘Amiguinhos’ e ‘Curtinhas’ voltam a ser projectadas, desta feita para toda a família. A sessões acontecem às 15h00 e às 17h00, respectivamente.

Todos os anos, por volta do dia 21 de Dezembro, o hemisfério norte entra na estação mais fria devido ao Solstício de Inverno, naquele que é o dia mais curto do ano. Este fenómeno astronómico inspirou a criação da festa que celebra o cinema no formato curto: O Dia Mais Curto. A ideia, que nasceu em França em 2011, rapidamente alcançou uma dimensão internacional sendo atualmente celebrada em simultâneo em dezenas de países. Em Portugal, o evento é organizado pela Agência da Curta Metragem e chega a Braga pela mão do Cineclube Aurélio da Paz dos Reis, em colaboração com o Município de Braga, integrado na programação Braga é Natal 2018.

 

Fonte: Município de Braga

 

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver. 

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. 

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

 

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.