Tempos Livres | Gerações no “parque jurássico” português

Tempos Livres | Gerações no “parque jurássico” português

 

As crianças que frequentam o Centro Educativo do Centro Comunitário da Associação Gerações visitaram, no passado dia 25 de junho, o “Dinoparque”, na Lourinhã, um enorme parque temático dedicado aos dinossauros.

 

 

Os dinossauros são sempre um motivo de grande atração para as crianças. O seu tamanho, os “mistérios” que ainda os envolvem, a sua vida na terra e as várias espécies que se conhecem despertam uma curiosidade insaciável e uma vontade enorme de os conhecer melhor. A Associação Gerações procura alimentar esta sede de conhecimento dos mais novos levando-os à descoberta destes primitivos habitantes da Terra. Foi isso que aconteceu agora no “Dinoparque”, na Lourinhã.

Esta deslocação de divertimento e de aprendizagem das crianças da Associação Gerações à Lourinhã começou a ser preparada em meados do ano passado, quando chegou à instituição uma informação que indicava que, no ano de 2018, ia abrir, naquele concelho, um “parque jurássico”, com dinossauros em tamanho natural, o que de imediato alimentou a ideia de uma visita aos dinossauros.

Os pais das crianças e as crianças envolveram-se neste projeto, dando ideias sobre a forma de ultrapassar as dificuldades que a iniciativa comportava, nomeadamente os custos com a viagem e a entrada no “Parque dos Dinossauros”.

Uma mãe ofereceu-se de imediato para arranjar um “Cabaz de Natal” para ser sorteado no Natal de 2017, revertendo o dinheiro angariado para ajudar a suportar as despesas inerentes à iniciativa. Foi assim que, com o envolvimento dos pais, das próprias crianças e da instituição se foi preparando esta visita de estudo e de divertimento à Lourinhã. Na manhã, ainda bem cedo, de 25 de junho, as crianças partiram à descoberta destes seres misteriosos e fabulosos.

Antes do almoço, decorreu uma visita livre em quatro percursos definidos de acordo com a “era” e o tempo em que viveram as diversas espécies de dinossauros. A visita entusiasmou as crianças porque as réplicas dos dinossauros do “Dinoparque” da Lourinhã eram feitas em tamanho natural, descrevendo como viviam e o que comiam estes animais gigantescos. Objeto de uma curiosidade especial foi o “Lourinhossaurus”, um dinossauro que habitou o espaço que as crianças estavam a percorrer.

Depois de um almoço em que foi servida comida com formas de dinossauro, as crianças da Gerações foram cientistas de paleontologia, descobrindo um esqueleto de dinossauro e realizando diversas atividades relacionadas com a temática. “Peneiraram” areia, à procura de pedras preciosas e de restos do passado, construíram em barro uma peça alusiva aos dinossauros e divertiram-se na “parede tátil”, com as pegadas, os ovos e os fósseis dos dinossauros. Houve ainda tempo para visitar o museu do parque, um museu didático com múltiplos ensinamentos sobre os dinossauros.

 

Imagens: “Paleontólogos” da Gerações visitam e divertem-se no Dino Parque da Lourinhã (Associação Gerações; divulgação).

 


Se gostou deste artigo, partilhe:           

 

Pub

Categorias: LifeStyle

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.