Pandemia determinante na mudança de padrões de consumo

Consumidores dispostos a pagar mais por calçado mais sustentável

Consumidores dispostos a pagar mais por calçado mais sustentável

Pub

 

 

Para muitos, é apenas uma tendência. Para outros, é o tema do futuro. Na verdade, para 79% dos consumidores, é uma preferência na hora de comprar. Um estudo da Capgemini descobriu que os consumidores mudam as suas preferências de compra levando em consideração as características dos produtos em termos de sustentabilidade.

O estudo Produtos de Consumo e Retalho: como a sustentabilidade está mudando fundamentalmente as preferências do consumidor concluiu que há uma relação direta entre a sustentabilidade e os negócios das empresas de bens de consumo, já que 79% dos consumidores mudam a sua preferência quando têm em conta a sustentabilidade de um determinado produto em favor do artigo mais amigo do ambiente. No estudo, diversos padrões de compra são contemplados, como responsabilidade social das marcas, inclusão e impacto ambiental.

O estudo concluiu ainda que a pandemia foi decisiva na mudança dos padrões de consumo, uma vez que 76% dos consumidores afirmam estar “mais atentos à escassez de recursos naturais por causa da pandemia”. Além disso, 53% dos consumidores em geral e 57% dos consumidores entre 18 e 24 anos mudaram suas compras habituais para marcas menos conhecidas porque são mais sustentáveis, e 64% já faziam isso antes da pandemia.

 

Fonte: APPICAPS; Imagem: No Brands

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de multibanco ou netbanking.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.