Rui Santos, de Famalicão, grande vencedor da 21ª edição da Continental Corrida de S. João de Gaia que motivou e inspirou comunidade global de corredores

Atletismo | Corrida de S. João angaria 3.600 euros para a Legião da Boa Vontade

Atletismo | Corrida de S. João angaria 3.600 euros para a Legião da Boa Vontade

Pub

 

 

A Continental Corrida de São João comemorou este fim-de-semana a sua 21ª edição com a estreia em versão virtual.

A organização do evento conseguiu angariar 3.606€, através da inscrição de centenas de participantes e da compra dos cabazes alimentares extra. O valor angariado com as inscrições será utilizado na compra de cabazes para oferecer a famílias carenciadas ajudadas pela Legião da Boa Vontade.

Este ano, devido aos condicionamentos causados pela Covid-19, a Continental Corrida de S. João Virtual realizou-se durante o fim de semana de 20 e 21 de junho, em qualquer lugar do mundo, sempre com as devidas medidas de segurança e respeitando as restrições da Direção-Geral da Saúde e do Governo.

Motivar e inspirar a comunidade global de corredores

Os principais objetivos do evento foram motivar e inspirar a comunidade global de corredores, promover um estilo de vida ativo e saudável, mesmo nos momentos difíceis que vivemos, e angariar fundos para a Legião da Boa Vontade.

“Mesmo com a pandemia, quisemos associar-nos e apoiar a realização da prova dando oportunidade a centenas de pessoas de continuar a praticar a sua atividade física em segurança. Havia também o lado solidário da iniciativa a que não podemos ficar indiferentes.  Estamos muito orgulhosos do valor angariado e da diferença que pode fazer na vida de muitas famílias portuguesas”, destaca Nuno Rebelo, diretor de Marketing da Continental, empresa industrial que desenvolve tecnologias e serviços na área da mobilidade com forte presença em Portugal, nomeadamente em Famalicão, sobre a importância desta corrida virtual no atual momento que o país atravessa e na estratégia global da empresa.

O running é uma das faces mais visíveis da nossa mais recente campanha Pode contar connosco” que assinala o momento de retoma do negócio, de um modo gradual, progressivo e acima de tudo seguro“, conclui.

Prova aconteceu em direto nas redes sociais

Para assinalar a data, a Runporto transmitiu um direto nas redes sociais com a participação de José Guilherme Aguiar, Vereador da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Nuno Rebelo, da Continental, naming sponsor do evento, Eduarda Pereira, da Legião da Boa Vontade e alguns atletas nacionais e internacionais que fizeram questão de marcar presença, nomeadamente a portuguesa Sara Moreira e o guineense Braima Dabó, vencedor do prémio fair-play dos Mundiais de Atletismo em 2019.

A vertente competitiva não foi o foco deste evento, mas a tabela de resultados nas duas distâncias vai ser publicada pela organização. Cada participante envia o seu resultado para a Runporto que vai atualizando a tabela de classificações. As classificações não são homologadas.

Resultados da Continental Corrida de S. João

Neste momento, na prova de 15 km, no setor masculino, em primeiro lugar encontra-se Rui Santos (Núcleo Sporting Clube de Portugal – Vila Nova de Famalicão), com o tempo 00:49:39. Na segunda posição está Manuel Mascarenhas (Preteam), com 00:52:28, seguido por João Ferreira (Airorun), com o tempo 00:57:20.

No setor feminino da prova, na primeira posição encontra-se Marlene Santos (Papamedalhas) com o tempo 01:07:26, seguida por Liliana Ferreira (CDASJ), com 01:10:08, e, a fechar o pódio, São Varela (Correr Queluz), com o tempo 01:11:43.

Já na prova de 7 km, na primeira posição do pódio masculino encontra-se Luís Lourenço, que cumpriu a distância em 00:34:46, seguido de João Ribeiro (Dagorda Run), com 00:36:29, e Carlos Gaspar com o tempo 00:36:36.

No setor feminino ficou Sofia Rocha em primeiro lugar com o tempo 00:33:42, seguida de Fernanda Gil, com 00:34:44, e Anabela Pereira, com 00:40:59.

 

Fonte e Imagens: Continental

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.