Medida abrange todas as viagens municipais, intermunicipais e inter-regionais e entra em vigor a 1 de julho

Mobilidade | Famalicão oferece desconto de 50% nos transportes públicos rodoviários

Mobilidade | Famalicão oferece desconto de 50% nos transportes públicos rodoviários

Pub

 

 

Os famalicenses que utilizam habitualmente os transportes públicos rodoviários a operar no concelho vão beneficiar, já a partir de 1 julho, de um desconto de 50 por cento na aquisição dos passes mensais.

A medida foi tomada durante o Conselho Intermunicipal do Ave (CIM do AVE) realizado no passado dia 16 deste mês, sendo válida para todos os municípios que integram esta entidade.  Perante o panorama atual, os presidentes dos municípios reconheceram a importância de se apoiar as famílias do território da Comunidade Intermunicipal do Ave, no que toca ao uso de transportes públicos.

Assim, os residentes do território que integra a CIM do Ave (Cabeceiras de Basto, Fafe, Guimarães, Mondim de Basto, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vizela e Vila Nova de Famalicão) irão sentir uma significativa diminuição na despesa do seu passe mensal já a partir do próximo mês. Com a entrada em vigor do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), o “Passe Social” passará a ter um desconto de 50% nas suas deslocações municipais, intermunicipais (com origem e destino nos concelhos da CIM do Ave) e inter-regionais (origem nos concelhos da CIM do Ave e destino noutra Comunidade Intermunicipal ou Área Metropolitana).

A CIM do Ave tomara já idêntica medida anteriormente, aplicando descontos de 30% nos transportes públicos rodoviários, com efeitos a 1 de abril, tendo agora decidido aumentar para descontos mais significativos e consentâneos com as necessidades do momento em função da crise financeira se começa a fazer sentir com efeitos mais sérios na região.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, “trata-se de uma boa notícia para os famalicenses que vêm significativamente diminuídos os custos com o transporte público rodoviário”, acrescentando que a medida “representa uma poupança nos orçamentos familiares, mas também um incentivo forte à utilização dos transportes públicos com os benefícios ambientais que isso implica”. O autarca sublinhou ainda que “com o valor do passe mensal reduzido para metade serão muitos mais os famalicenses a recorrer a este serviço, o que poderá também dinamizar o sector e fazer crescer o próprio serviço.”

Recorde-se que, para além deste desconto, a autarquia disponibiliza desde há vários anos, o Passe Sénior para famalicenses com 65 ou mais anos de idade, bem como cidadãos reformados, assumindo metade do valor do passe. O documento permite viajar em todas as carreiras e operadores de transportes públicos que atuam no território e implica um investimento municipal anual superior a 200 mil euros.

Por outro lado, a autarquia famalicense assegura a universalidade da gratuidade dos passes escolares, assumindo a totalidade do pagamento dos passes escolares de todo os alunos do concelho, desde o ensino básico até ao 12.º ano. No conjunto, a medida abrange cerca de 5 mil alunos famalicenses num investimento total de 1,9 milhões de euros por ano.

 

Fonte e Imagem: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver; e não pagou por isso.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.