Paulo Cunha: Obras de reabilitação ficam concluídas em agosto

Nova Praça – Mercado Municipal de Famalicão abre no início de 2021

Nova Praça – Mercado Municipal de Famalicão abre no início de 2021

Pub

 

 

As obras do renovado Mercado Municipal de Famalicão – agora a nova Praça – terminam em agosto. Paulo Cunha, o presidente do Município de Famalicão, acompanhado de Augusto Lima, o vereador da Economia, e de responsáveis pela obra, deslocou-se esta sexta-feira, 29 de maio, ao local para constatar o avanço dos trabalhos e o atual ponto da situação. O reabilitado espaço comercial tem inauguração prevista para 1 de janeiro de 2021. Alguns concidadãos, em especial comerciantes, encontram-se ansiosos pela chegada desse momento. No entanto, o interesse e a esperança num renovado fôlego para o coração da cidade são também significativos.

Quanto à intervenção, o edifício principal será integralmente reabilitado, sendo mantidos os elementos caracterizadores de referência. A fachada será preservada e as lojas de rua recuperadas, enquanto que o miolo do espaço será alvo de uma profunda intervenção que vai permitir a implementação de lógicas de mudança ao nível comercial e funcional, dotando o espaço de maior conforto e de melhores condições de funcionamento, adequadas às exigências de qualidade e inovação.

A nova Praça, um motivo de orgulho para os famalicenses

Satisfeito com o que viu, Paulo Cunha, na sua página institucional de facebook, assinala que “o futuro mercado municipal de Vila Nova de Famalicão será um motivo de orgulho” para os seus concidadãos.

“Pela obra em curso já dá para perceber a dimensão da ambição deste novo equipamento municipal para os famalicenses. Aqui vai nascer um novo conceito de mercado: contemporâneo, ambicioso, dinâmico, mas com valorização das tradições e dos produtores locais”, relembra.

Novo Mercado ganha estrutura

O Novo Mercado Municipal de Famalicão está a crescer. A Praça dos famalicenses estará de volta no início do próximo ano, mais convidativa do que nunca.

Publicado por Município de Famalicão em Sábado, 30 de maio de 2020

Augusto Lima, por seu turno, na sua página de facebook, também lembraria que este espaço irá unir tradição com inovação, “com o mesmo foco de sempre: a valorização dos produtos e produtores locais”.

A obra foi adjudicada à empresa Famaconcret por mais de três milhões de euros, após um concurso inicial que ficou deserto por falta de comparência da concorrência. Com verbas aprovadas no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), assinado entre a autarquia e o Programa Operacional Norte 2020, o município famalicense garantiu um cofinanciamento FEDER.

Fonte: Município de Famalicão; Imagens: (0, 2) Paulo Cunha, (1) Município de Famalicão (3) Famaconcret

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Imagem: Creazilla

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a VILA NOVA é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking, multibanco ou paypal.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

Obs: envie-nos os deus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros.

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.