Testes em lares e instituições gratuitos para assegurar saúde de utentes e colaboradores

Coronavírus | Município e Hospital da Trofa estabelecem parceria para testar idosos

Coronavírus | Município e Hospital da Trofa estabelecem parceria para testar idosos

Pub

 

 

Arrancou hoje, 4 de abril, pela manhã, a operação de controlo ao novo coronavírus nos lares e Instituições de Solidariedade Social do Município da Trofa. Os testes gratuitos para os utentes e colaboradores são assegurados pela Câmara Municipal da Trofa e pelo Grupo Trofa Saúde Hospital, em parceria com a Unilabs.

Numa altura em que a pandemia do novo Coronavírus deixa marcas acentuadas naquela que é a faixa etária mais sensível ao risco de infeção, o Município da Trofa une-se ao Trofa Saúde Hospital e à Unilabs para a realização de testes gratuitos à Covid-19 pelos utentes dos lares e centros de terceira idade do Concelho e respetivos colaboradores.

Testes realizam-se na Misericórdia da Trofa, Centro Social de S. Martinho de Bougado e Centro Social de S. Mamede do Coronado

A realização dos testes gratuitos à Covid-19 teve início este sábado, no Lar Paroquial de S. Martinho de Bougado, com a realização de 38 testes.

Nas próximas terça e quinta-feira, dias 7 e 9 de abril, respetivamente, o controlo sanitário terá lugar na Santa Casa da Misericórdia da Trofa (Lar Imaculada Conceição e Alfredo Carriço), sendo realizados testes a 107 utentes.

Já no sábado, dia 11 de abril, é a vez do Lar Centro Social Paroquial de S. Mamede do Coronado, onde serão realizados 37 testes.

Ao todo, realizar-se-ão 182 testes COVID-19. A realização dos testes tem início, em todas as instituições, pelas 9h00 e será feita por uma equipa de três profissionais de saúde dos quadros do Trofa Saúde Hospital que se voluntariaram para os realizar.

Sérgio Humberto congratula-se com a realização dos testes

“Os últimos dias foram de muita preocupação, pois era urgente avançarmos com os testes à Covid-19 nos lares do Concelho, para segurança dos nossos seniores e dos colaboradores daquelas instituições, que aproveito para salientar e enaltecer. Estes profissionais estão a adotar todas as medidas ao seu alcance para prevenir e mitigar a propagação do surto do coronavírus”, assinala Sérgio Humberto, o presidente da Câmara da Trofa.

O autarca trofense acrescenta ainda que, “para fazer face a esta necessidade, a nossa Câmara Municipal vai responsabilizar-se por 50% das despesas associadas a esta intervenção, sendo os restantes 50% assumidos pelo Grupo Trofa Saúde”. Trata-se de  uma “demonstração de enorme civismo, de responsabilidade social e de profunda empatia com a comunidade que viu nascer este grupo, num gesto que agradecemos em nome de todos os Trofenses”.

Jorge Curval assinala o sentido de pertença a uma comunidade

Sublinha Jorge Curval, Administrador do Trofa Saúde Hospital, que “todos sabemos dos problemas e necessidades que Portugal e o mundo atravessam por força da disseminação tão agressiva deste vírus. O concelho da Trofa não é exceção. Apesar de todas as carências e dificuldades operacionais e logísticas que as entidades que intervêm na Saúde estão a atravessar, o Trofa Saúde Hospital, enquanto grupo de referência internacional, não podia alhear-se ao facto de ter nascido e crescido na Trofa. Por isso, dentro da “nossa” nobre missão de tratar da saúde das pessoas, é uma obrigação proporcionar aos Seniores do nosso concelho a realização dos testes Covid-19, tanto mais que a partir destes contribuímos para prevenir a sua saúde e a de todos os que os rodeiam”.

Fonte: Município da Trofa; Imagens: (1) Município da Trofa (0, 2) Trofa Saúde Hospital

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público: diário digital generalista de âmbito regional, independente e pluralé gratuito para os leitores. Acreditamos que a informação de qualidade, que ajuda a pensar e a decidir, é um direito de todos numa sociedade que se pretende democrática.

Como deve calcular, a Vila Nova praticamente não tem receitas publicitárias. Mais importante do que isso, não tem o apoio nem depende de nenhum grupo económico ou político.

Você sabe que pode contar connosco. Estamos por isso a pedir aos leitores como você, que têm disponibilidade para o fazer, um pequeno contributo.

A Vila Nova tem custos de funcionamento, entre eles, ainda que de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta e plural.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo – a partir de 1,00 euro – sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, poderá receber publicidade como forma de retribuição.

Se quiser fazer uma assinatura com a periodicidade que entender adequada, programe as suas contribuições. Estabeleça esse compromisso connosco.

Contamos consigo.

*

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Obs: Envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.