Consolidar a Democracia, relembrando as lutas das mulheres por condições de vida dignas, mais igualdade e justiça

PS | Mulheres Socialistas distribuem rosas às famalicenses pelas ruas da cidade

PS | Mulheres Socialistas distribuem rosas às famalicenses pelas ruas da cidade

Pub

 

 

“Celebrar o ‘Dia Internacional da Mulher’ é relembrar – [nesta data, 8 de março] – as lutas das mulheres por condições de vida dignas, por mais igualdade e mais justiça”, assinala uma nota emitida pelas Mulheres Socialistas de Vila Nova de Famalicão, em que se dá conta também da realização de um gesto de cortesia que levou uma equipa sua a andar pelas ruas da cidade de Vila Nova de Famalicão, a distribuir rosas brancas.

Assinalando que “consolidar a Democracia é o nosso grande objetivo”, as Mulheres Socialistas de Vila Nova de Famalicão lembram ser esta “também a data em que devemos enaltecer a importância e o reconhecimento das mulheres que em cada dia contribuem para uma sociedade mais justa e mais coesa”.

Esta oferta de rosas às mulheres famalicenses, pretende ainda, “com um gesto simples, mas cheio de simbolismo mobilizar as mulheres famalicenses para serem parte ativa na construção da igualdade de género e não discriminação”, pois esse “é o o caminho que queremos construir com todas as mulheres famalicenses”.

Assinale-se que Isabel Silva tomou posse recentemente como Coordenadora da Comissão Política Concelhia das MS – ID (Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos) de Vila Nova de Famalicão.

Para o mandato que agora se inicia, Isabel Silva destaca o compromisso assumido no  sentido de aprofundar o caminho da igualdade no Concelho famalicense. Considera ainda que esta estrutura concelhia das Mulheres Socialistas deve assumir-se como motor do envolvimento e participação ativa na sociedade famalicense.

Fonte e Imagens: MS

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.