Sobranceiro a Famalicão, oferecerá uma vista de caráter excecional

Urbanismo | Espaço verde e qualificado nasce no Castro de S. Miguel-o-Anjo

Urbanismo | Espaço verde e qualificado nasce no Castro de S. Miguel-o-Anjo

 

 

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está a executar trabalhos de limpeza florestal no terreno do Castro de S. Miguel-O-Anjo, na freguesia de Calendário. O espaço com cerca de 80 mil metros quadrados foi adquirido pela autarquia em 2017, com o objetivo de salvaguardar e preservar este património, permitindo o estudo e a investigação sobre o passado histórico deste local.

Neste âmbito, a autarquia está a elaborar um plano estratégico com um conjunto de ações, donde sobressai a prospeção arqueológica do local e respetivo levantamento topográfico. Mas para já estão a ser desenvolvidos trabalhos, que permitirão disponibilizar em breve um espaço verde, cuidado e qualificado ao serviço população. Para isso, os serviços municipais da proteção civil estão no terreno a desenvolver trabalhos de limpeza de eucaliptos e desmatação, protegendo e salvaguardando as espécies autóctones.

“Estamos a criar condições para que a população possa desfrutar deste espaço, convivendo com a natureza, através de atividades desportivas como caminhadas ou simplemente em ações de lazer e descanso”, explica o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. E acrescenta: “pela sua localização que permite uma vista panorâmica de grande beleza, mas também pelo seu valor histórico e patrimonial, enquanto guardião de um passado longínquo, este terreno merece ser recuperado e qualificado e devolvido à população”.

Refira-se que espaço que está classificado como imóvel de interesse público desde 1990, acolhe as ruínas de um povoado fortificado cujos achados arqueológicos apontam para uma datação que se situa entre o séc. I a.C. e o séc. I d.C..

Localizado num pequeno outeiro que se destaca sobre o vale, o Castro de S. Miguel-o-Anjo goza de uma ampla vista em todo o seu redor (360º). Da sua plataforma central (acrópole) usufrui-se de um domínio visual privilegiado sobre a cidade de Vila Nova de Famalicão, o Monte do Facho e de quase todo o concelho; quando as condições atmosféricas são favoráveis também são visíveis os concelhos vizinhos (Trofa, Santo Tirso, Guimarães e Vila do Conde) e o mar.

Fonte e Imagens: Município de Famalicão

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Categories: Local, Sociedade

About Author

Write a Comment

Only registered users can comment.