Projeto permite aos cidadãos participarem ativamente no processo de decisão do seu Município

Comunidade | Orçamento Participativo de Guimarães abre candidaturas

Comunidade | Orçamento Participativo de Guimarães abre candidaturas

Pub

 

 

A possibilidade de apresentação de propostas imateriais em todas as áreas de competência da Câmara Municipal de Guimarães é a grande novidade na edição deste ano. Os vimaranenses têm a possibilidade de apresentar as respetivas propostas através do Orçamento Participativo, mecanismo que permite aos cidadãos participarem ativamente no processo de decisão da Câmara Municipal.

O calendário proposto para o Orçamento Participativo 2019 é composto por oito fases. De 14 de outubro a 14 de dezembro de 2019 devem ser apresentadas as propostas (online ou presencialmente).

No período de apresentação de propostas existe a possibilidade de realizar Assembleias Participativas, a fim de proceder a alguns esclarecimentos.

análise técnica das propostas decorre de 15 de dezembro de 2019 a 30 de janeiro de 2020, seguindo-se período de reclamações (31 de janeiro a 13 de fevereiro de 2020) e decisão sobre as reclamações (14  a 21 de fevereiro de 2020). A divulgação da lista final de propostas a votação será de 27 de fevereiro. Depois de conhecidas as propostas, decorre a votação online, voto prensencial e SMS de 2 de março a 30 de abril.

Todos os documentos estão disponíveis na plataforma do op.cm-guimaraes.pt e podem ser esclarecidas as dúvidas pelos habituais canais de comunicação: op@cm-guimaraes.pt e FB: https://www.facebook.com/OPGuimaraes/

O anúncio público dos projetos vencedores está previsto até 5 de maio de 2020.

 

Fonte e Imagem: Município de Guimarães

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.