Objetivo passa por envolver os jovens nos processos de tomadas de decisão e de um papel ativo na sociedade

Juventude | Santo Tirso abre candidaturas ao OPJ 2019

Juventude | Santo Tirso abre candidaturas ao OPJ 2019

Pub

 

 

Já arrancou a edição 2019 do Orçamento Participativo Jovem de Santo Tirso. A iniciava, levada a cabo pela respetiva Câmara Municipal tem como objetivo recolher opiniões e contributos da população jovem do concelho, permitindo adequar as políticas públicas municipais às suas necessidades e expectativas.

Os jovens dos 12 aos 30 anos residentes, recenseados ou estudantes no concelho de Santo Tirso já podem submeter as propostas para a edição de 2019 do OPJ. As propostas devem ser submetidas, exclusivamente, acedendo à plataforma eletrónica criada para o efeito, Orçamento Participativo Jovem de Santo Tirsoaté ao dia 18 de novembro, às 14h00.

Para o presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa, “de ano para ano há uma expectativa crescente em relação ao OPJ, uma vez que os projetos apresentados pelos jovens são cada vez em maior número e com maior qualidade”, algo que, acredita, “demonstra que os jovens estão cada vez mais cientes da importância de estarem envolvidos nas tomadas de decisão e de terem um papel ativo na sociedade”.

De 19 novembro a 22 de janeiro serão analisadas pela Comissão Técnica todas as propostas que estejam de acordo com os requisitos estabelecidos no regulamento, que serão, posteriormente, apresentadas publicamente. Pelo segundo ano consecutivo, são os jovens do concelho a decidir a proposta vencedora. A votação estará aberta de 31 de janeiro a 17 fevereiro.

Recorde-se que o OPJ esteve na origem de importantes espaços do concelho, nomeadamente a Praia e as Hortas Urbanas. No ano anterior, um projeto para um novo campo de relva sintética para a Escola Básica de Vila das Aves, elaborado pelos jovens Diogo Martins, Francisca Lázaro e Romão Igreja, em colaboração com a coordenação da sua escola, foi o escolhido pelos jovens do concelho.

As propostas para a presente edição, à semelhança das anteriores, não poderão ultrapassar o montante anual definido pela Câmara Municipal para o OPJ, que em 2019 será de 120 mil euros.

 

Fonte e Imagem: Município de Santo Tirso

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda, Política, Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.