Entidade pretende ser espaço de dinamização económica do concelho

Esposende regulamenta Centro de Negócios

Esposende regulamenta Centro de Negócios

Pub

 

 

Esposende pretende fomentar a dinâmica empresarial na região. Está por isso empenhado em avançar com uma estrutura que apoie a gestação e implementação de novas empresas. Assim, acaba de aprovar, por unanimidade, em reunião do Executivo Municipal, o projeto de regulamento municipal de funcionamento e utilização do Centro de Negócios. Segue-se o período de consulta pública, pelo período de 30 dias úteis, após a publicação em Diário da República. Até ao final do ano deverão estar concluídas as obras de adaptação do edifício que vai acolher o Centro de Negócios.

O futuro Centro de Negócios de Esposende vai ficar instalado num edifício localizado no Largo Rodrigues Sampaio, em pleno centro da cidade de Esposende. Neste momento estão em curso as necessárias obras de adaptação do imóvel, que futuramente também irá acolher alguns serviços municipais.

À imagem do que muitas outras autarquias têm vindo a implementar nas suas áreas de influência, este Centro de Negócios pretende constituir-se como um espaço focado na dinamização económica do concelho, através do apoio a iniciativas empreendedoras e de investimento empresarial. Tem como objetivos apoiar a criação e desenvolvimento de empresas para o Município e estimular o aparecimento de iniciativas empreendedoras, contribuindo para o desenvolvimento de um ambiente adequado ao seu êxito. Visa também incentivar empresas já constituídas ao desenvolvimento de novos produtos e/ou serviços inovadores, atrair investimento nacional e internacional, propondo-se também continuar a prestar auxílio às empresas graduadas dos programas de incubação e investidores já instalados no concelho, com o propósito de assegurar o seu desenvolvimento e expansão.

Podem candidatar-se aos programas e espaços do Centro de Negócios do Município de Esposende quaisquer promotores com uma ideia de negócio, interessados na sua materialização numa empresa; empresas com menos de 24 meses que pretendam desenvolver o seu modelo de negócio e aumentar a sua competitividade; empresas com mais de 24 meses que pretendam ganhar escalabilidade; e spin-offs de empresas maduras. Com caráter multissetorial, o Centro de Negócios estará aberto a qualquer projeto ou empresa.

A proposta de regulamento, aprovada pela Câmara Municipal, estabelece os procedimentos de adesão e o funcionamento do Centro de Negócios, sendo que o período de consulta pública que se segue visa a recolha de contributos e sugestões que poderão, eventualmente, vir a ser considerados na proposta final.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.vila nova online - 1ª página - finanças - europa - prr - joão leão - primeiro pagamento

Portugal 2020 já aprovou cerca de 2 dezenas de projetos para Famalicão

Imagem: M EPS

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

VILA NOVA é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a VILA NOVA tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a VILA NOVA pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco. Se é uma empresa ou instituição, o seu contributo pode também ter a forma de publicidade.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Publicidade | VILA NOVA: deixe aqui a sua Marca

Pub

Categorias: Economia, Esposende

Acerca do Autor

Comente este artigo

Only registered users can comment.