UMinho lidera em Braga projeto implementado em mais de 300 cidades de todo o mundo

Conhecimento | Bracarenses vivenciam ‘Ciência na Cidade’ na ‘Noite Europeia dos Investigadores’

Conhecimento | Bracarenses vivenciam ‘Ciência na Cidade’ na ‘Noite Europeia dos Investigadores’

Pub

 

 

São mais de três dezenas de atividades científicas gratuitas que cidadãos de todas as idades podem experimentar já esta sexta-feira, dia 27 de setembro, das 15h00 às 24h00, no Altice Forum Braga. A iniciativa coordenada pela Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM) insere-se na 15ª edição da Noite Europeia dos Investigadores (NEI), que tem como tema “Ciência na Cidade” e decorre em simultâneo em mais de 300 cidades de 30 países.

Aos visitantes pede-se energia e coragem para esta “viagem” e para carimbarem no passaporte a passagem por todos os expositores. O ano internacional da tabela periódica vai ser assinalado com a exposição de uma tabela periódica em croché e várias atividades. Os quebra-cabeças e jogos de memória são também um desafio constante. O tema atual das preocupações ambientais vai ser abordado através de alertas ao consumo excessivo de plásticos, microplásticos e alternativas ao seu uso, dos desafios alimentares no futuro e da nossa pegada ecológica, bem como dos biocombustíveis, da valorização dos resíduos orgânicos e da reciclagem diária e até da importância das abelhas.

Mas há mais, desde mostrar como os artesãos ancestrais criavam as tintas, experienciar a vida dentro de um sobreiro alentejano, percorrer o caminho da uva ao vinho ou perceber a presença da química ao nosso redor. A ciência faz-se desde o solo, com os georradares, até aos céus, com os drones, e das partículas visíveis às aparentemente invisíveis, incluindo ainda seres microscópicos, mas relevantes, como os nemátodes dos jardins da cidade.

Os alunos das escolas básicas e secundárias da região aceitaram, uma vez mais, mostrar os seus trabalhos de ciência. Assim, os visitantes poderão questionar-se sobre o melhor método de plantação ou fazer a própria pasta dos dentes, creme hidratante e esfoliantes naturais. A Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva associa-se igualmente, às 15h30, com o exercício performativo “À volta dos macacos!”, recordando Jane Goodall, a cientista que revolucionou o estudo dos primatas. O grupo da licenciatura em Teatro da UMinho também vai apresentar, mas às 16h30 e 21h00, no Altice Forum, “O futuro, agora!”, alertando para as consequências dos hábitos atuais do ser humano.

Os mais novos poderão ainda aventurar-se em cinco workshops, construindo detetores de partículas e olhos artificiais, lenços dos namorados eletrónicos ou robôs programados para auxiliarem na separação dos resíduos. O programa prevê igualmente, às 21h30, no pequeno auditório, a tertúlia “A minha casa é aqui! As migrações forçadas pela instabilidade ambiental”, com oradores das ciências sociais, políticas e ambientais. No final, haverá a entrega de prémios do concurso de fotografia da NEI.

A ECUM volta, assim, a integrar um programa da NEI, este ano dedicada ao tema “SCICITY – Ciência na Cidade”, num consórcio de instituições superiores nacionais, financiado pelas ações Marie Curie do programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia. A iniciativa tem a parceria e o apoio local dos municípios de Braga e Guimarães, da InvestBraga, do Banco Português de Germoplasma Vegetal, da Sociedade Portuguesa de Física, do Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, do Geopark Terras de Cavaleiros, da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, da CTEM Academy, dos coletivos de divulgação científica STOL e Scientia.com.pt e das empresas Casa do Couto, Life in a Bag, Braval e Águas do Norte. A NEI é dinamizada desde 2005 pela Comissão Europeia, com o fim de afirmar a interação dos cientistas com o público, permitir descobrir a ciência de forma divertida e promover a investigação como carreira.

Em Braga, a abertura oficial da Noite Europeia dos Investigadores acontece às 16h30, com a presença prevista das vice-reitoras da UMinho, Manuela Martins e Laurinda Leite, dos pró-reitores Filipe Vaz e Manuel João Costa, do presidente do Município de Braga, Ricardo Rio, da vereadora da Cultura e Educação, Lídia Dias, da presidente da ECUM, Manuela Côrte-Real, e do coordenador local da NEI, José Brilha.

Fonte e Imagens: UMinho

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos associados à manutenção e desenvolvimento na rede.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de transferência bancária.

MB Way: 919983484

Netbanking ou Multibanco:

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Agenda

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.