Santo Tirso

Escutismo | ‘Agir’ foi lema do Scoutirso 2019

Escutismo | ‘Agir’ foi lema do Scoutirso 2019

Pub

 

 

Centenas de escuteiros do concelho de Santo Tirso reuniram-se no passado dia 4 de maio para o IV Scoutirso. Com o tema “Agir”, a edição deste ano proporcionou um dia repleto de atividades didáticas.

 

 

Scoutirso é o Encontro Anual de Escuteiros e Guias do concelho e pretende, por um lado, dar a conhecer o património e os recursos do município, fomentar a aprendizagem de manobras de proteção animal e ambiental e, por outro, promover sinergias entre agrupamentos e companhia de guias.

Assim, a iniciativa facilitou o contacto entre os escuteiros oriundos dos 14 agrupamentos do concelho e a companhia de guias para fomentar convívio saudável e consolidação de sinergias.

Centenas de escuteiros das mais diversas idades, incluindo muitos jovens, reuniram-se na prática das diversas atividades programadas para diversos pontos do concelho. O presidente do município tirsense, Joaquim Couto, acredita que esta é uma forma de “incentivar o interesse dos jovens na sociedade que os rodeia” e, ao mesmo tempo, “promover a importância de agir nas mais diversas situações do dia a dia”. “É um convívio muito salutar entre escuteiros dos 14 agrupamentos e estou convicto de que esta também é uma forma de chamar os jovens a intervir para criar a sociedade que queremos ter no futuro”, concluiu.

A iniciativa é promovida, anualmente, pela Câmara Municipal de Santo Tirso. Nesta edição participaram as secções de escuteiros lobitos, exploradores, pioneiros e caminheiros, para além da primeira companhia de guias.

 

Imagens: (0, 2) Município de Santo Tirso, (1) Escuteiros de S. Martinho do Campo

**

*

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais se podem referir, de forma não exclusiva, a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de mbway, netbanking ou multibanco.

MBWay: 919983484

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

*

Pub

Categorias: Sociedade

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.